TROPAS ESTELARES (Dual áudio/720p) – 1997

STARSHIP TROOPERS – 1997
AÇÃO – AVENTURA – FC
DIREÇÃO: Paul Verhoeven
ROTEIRO: Edward Neumeier, Robert A. Heinlein
IMDb: 7,1
http://www.imdb.com/title/tt0120201/

RMZ – DUBLAGEM CLÁSSICA – DUAL ÁUDIO

Postado por Don Costa


Formato: MKV
Qualidade: BRRip – 720p
Formato de tela: 1,85:1
Resolução: 1280 x 696
Tamanho: 2,46 GB
Duração: 129 min.
Legendas: Português [selecionável]
Áudio: Português [48,0 KHz, MP3, 2 canais.], Inglês [48,0 KHz, AAC, 6 canais]
Servidor: Mega (dividido em 7 partes)
Uploader: Don Costa


Parte 01: TROPAS ESTELARES
Parte 02: TROPAS ESTELARES
Parte 03: TROPAS ESTELARES
Parte 04: TROPAS ESTELARES
Parte 05: TROPAS ESTELARES
Parte 06: TROPAS ESTELARES
Parte 07: TROPAS ESTELARES


Em uma época futura um jovem (Casper Van Dien), após graduar-se, quer se alistar nas forças armadas para tornar-se um “cidadão” e deixar de ser um mero civil. Também faz isto por causa da namorada (Denise Richards), por quem é apaixonado. Um amigo (Jake Busey) em comum do casal se alista e é designado para servir na parte de planejamento estratégico. Ela é encaminhada para pilotar naves de combate, mas ele vai servir na infantaria, que é um posto menos prestigiado. Porém, ele demostra tal afinco nos treinamentos que se torna líder de um pelotão, mas por causa de um erro seu um colega morre em uma simulação de batalha. Quando ele pede dispensa, pois sua namorada está envolvida com seu instrutor, descobre que sua cidade natal, Buenos Aires, não existe mais em virtude de um ataque de insetos alienígenas do planeta Klendathu. Assim, ele volta atrás na sua decisão e vai fazer parte da grande ofensiva terrestre contra estes insetos (que são gigantescos e às vezes medem 30 metros) no planeta deles. Mas o alto comando terrestre subestima demais a capacidade de reação dos inimigos e em poucas horas morrem mais de 300 mil terrestres na ofensiva. Fica claro então que esta guerra vai decretar o fim de uma espécie e está claro que um inseto inteligente comanda as ações, que pretendem exterminar com a raça humana.


Casper Van Dien … Johnny Rico
Dina Meyer … Dizzy Flores
Denise Richards … Lt. Carmen Ibanez
Jake Busey … Ace Levy
Neil Patrick Harris … Carl Jenkins
Clancy Brown … Sgt. Zim
Seth Gilliam … Sugar Watkins
Patrick Muldoon … Zander Barcalow
Michael Ironside … Jean Rasczak
Rue McClanahan … Biology Teacher


# país: EUA
# duração original: 129 min
# estúdio: TriStar Pictures, Touchstone Pictures, Big Bug Pictures
# distribuidora: TriStar Pictures

23 comentários para TROPAS ESTELARES (Dual áudio/720p) – 1997

  • LeMMy  Disse:

    Filme muito legal, valeu.

    • Don Costa  Disse:

      Amigo LeMMy.
      Apenas informando, caso estranhe o tamanho do arquivo, ele não é DVDRip, e sim BRRip, com resolução de vídeo de 720p, (1280*696) e formato de tela de 1,85:1.
      Vou pedir para alterarem antes do pessoal começar a reclamar do tamanho.
      Grande abraço.

      • Wagner S.  Disse:

        Dei uma alterada com os dados que você passou no comentário Don. Valeu, abração! 😀

        • Don Costa  Disse:

          Por isso que eu digo que o Tela de Cinema possui a melhor equipe da net. Não deu nem tempo de pedir a correção e ela já foi feita. Ahhh, se os bancos e as operadoras de telefonia fossem assim…
          Obrigado Wagner.

  • Alexandre  Disse:

    Filme muito bom. Pena que o 2 e 3 sejam fracos.
    Obrigado por esse filme, Don!

    • Don Costa  Disse:

      Olá Alexandre.
      Esse filme é um dos maiores exemplos de “boas idéias mal aproveitadas” do cinema.
      Tropas Estelares tinha tudo para ser uma franquia de sucesso. Inclusive o final do primeiro filme deixa um bom gancho para as sequências. Não entendi porque estragaram tudo com sequências que mais parecem com spin-offs (derivados) do que com sequências verdadeiras. O filme não fez feio nas bilheterias.
      Eu nunca gostei de remakes e reboots, até porque viraram uma praga hoje em dia. Até novelas ganharam remakes, geralmente inferiores aos originais, mesmo com toda evolução orçamentária e tecnológica. Mas esse é um filme que merece, no mínimo, um prelúdio ou uma sequência decentes.
      Ainda dá tempo.
      Grande abraço.

  • Cleia  Disse:

    Adoro esse filme, super recomendo.
    Excelente post amigo.

    • Don Costa  Disse:

      Obrigado, Cleia.
      Esse é o tipo de filme em que o visual é tão importante quanto a história. Por isso que, visto em alta definição, é uma experiência totalmente diferente daquela sentida quando o assistimos em definições menores, mesmo em DVD.
      Abraços.

      • Cleia  Disse:

        Com certeza, lembro da primeira vez q vi, fiquei maravilhada com os insetos, não via a hora da sequência , porém fiquei decepcionada, ficou aquela frustração que todos sentem ao ver uma sequência mal elaborada, sem falar na animação que saiu, Don Costa sabe dizer se ela é uma continuação? fiquei meio q perdida com ela, grata pela atenção.

        • Don Costa  Disse:

          Oi Cleia.
          Eu nunca procurei informações sobre este filme até agora. Como peguei um tempo livre, dei uma pesquisada na net e, segundo o Wikipédia, sites de fãs do filme, de cinema, de quadrinhos e de ficção científica, é o seguinte:
          Tropas Estelares foi um romance de ficção científica lançado em várias edições na revista americana “The Magazine of Fantasy & Science Fiction” entre outubro e novembro de 1959.
          Aqui cabe um adendo. Eu não sei a sua idade, Cleia, mas se você tiver menos do que trinta anos, acho que não conhece os antigos romances lançados em revistas especializadas, Numa época em que a televisão ainda engatinhava, as novelas e séries eram lançadas em revistas basicamente de três formas distintas
          1 – Textos Ilustrados: eram textos de poucas páginas com um ou outro desenho entre elas, ilustrando uma cena;
          2 – Quadrinhos: comuns ainda hoje, são desenhos feitos em vários quadros por página, mostrando uma sequência, onde os textos são escritos em “balões” dentro da própria cena (quadro).
          3 – Fotonovela: igual aos quadrinhos, mas no lugar dos desenhos são tiradas fotos dos atores atuando na cena.
          Essas novelas e romances geralmente tinham frequência semanal.
          O filme de 1997 foi uma adaptação desse romance, muito popular nos EUA. Os filmes 2 e 3, assim como a série de animação, também são adaptações, possuindo pouca coisa em comum entre eles além da guerra em si e de um ou outro personagem.
          Nenhum deles, incluindo o filme de 1997, conta uma história, sequer próxima ao original. Inclusive, muitos elementos descritos no romance que não aparecem no filme, foram utilizados em outros filmes, como em Aliens – O Resgate de 1986.
          O diretor do filme de 1997, Paul Verhoeven, fez dessa adaptação uma crítica ao patriotismo americano e ao fascismo, além de colocar pitadas de humor negro e muita violência, assim como fez em outros filmes (Robocop, Vingador do Futuro e O Homem sem Sombra). Rebatendo as críticas de que seu filme era muito violento, já que o romance original não era tanto assim, ele foi direto: “Não vejo problema algum em mostrar corpos decapitados ou partidos ao meio. afinal um aracnídeo de 2 metros de altura e 4 toneladas faria exatamente isso. Além disso, as guerras verdadeiras são muito piores”. Concordo com ele. É apenas um filme e serve justamente para isso. Mostrar coisas que você não conseguiria (e nem gostaria) de ver no mundo real. Às vezes essa onda de “politicamente correto” ultrapassa os limites do bom senso
          Notícia boa. Devido aos meus insistentes pedidos feitos aqui no site, eles já tem um roteiro pronto para um remake (esse pessoal de Hollywood tem uma paciência bem menor do que a do pessoal do Tela de Cinema, que ainda não me baniram).
          Veja notícia aqui: http://omelete.uol.com.br/cinema/tropas-estelares-roteiro-do-remake-ja-foi-entregue-diz-zack-stentz/#.UuT-zhBTv4Y
          Notícia ruim. Será mais próximo do romance original do que do filme de 1997.
          Por que é ruim? Porque o romance foi escrito por um americano patriota caxias, pós segunda guerra mundial, onde puxava mais o saco dos americanos do que o filme “Independence Day”.
          Uma das coisas mais legais de Tropas Estelares foi justamente a ausência de “americanos-invencíveis-liderados-por-um-semi-deus-chamado-senhor-presidente-,-salvando-o-mundo-sozinhos-porque-o-resto-do-planeta-é-formado-por-povos-semi-selvagens-incompetentes”.
          No filme a única cidade citada é Buenos Aires e o mundo é unido em torno de uma federação.
          Não li o romance, nem conheço a história original ,mas estou achando que teremos novamente a bandeira americana estampada nas naves espaciais.
          Estou com um péssimo pressentimento com relação à este remake.
          Um abraço.

          • Cleia  Disse:

            Ah eu lembro sim dessas fotonovelas, minha mãe tinha uma mala cheia rs. sobre o remake eu n sabia, dei uma olhadinha no link q vc deixou e pude observar q a maioria pensa da mesma forma, talvez seja uma decepção, poxa sei lá imaginamos que, com o avanço da tecnologia os filmes melhorem (remakes), mas na maioria das vezes nos decepcionamos, bom é esperar para ver.
            Obrigada Don pelos esclarecimentos fico grata.

  • Edfilmes  Disse:

    Eai Don! Fime show de bola! Apesar de sempre curtir um filme mais do tipo “mofado” rsrsrsrssrs… esse é um tipo de filme que é ficcção científica, aventura, ou até mesmo um filme de Guerra, está presente o humor, tem até uma pitada de romance, vale a pena! Infelizmente os responsáveis pelo mesmo se perderam nos posteriores, e enterraram uma “aspirante” franquia de sucesso tão precocemente. Muito obrigado e vou baixar para rever logo mais a noite, ainda mais com essa qualidade rsrsrsrs….

    • Don Costa  Disse:

      Oi Ed.
      Também gosto dos filmes mais antigos. São raríssimos os filmes que me levam ao cinema ultimamente. O último foi Avatar.
      Tropas Estelares tem uma linguagem semelhante àquelas graphic- novels que surgiam do nada nas bancas de jornal. O personagem já surgia em ação, geralmente quebrando a cara de todo mundo. As motivações, o passado e as características de cada um seriam expostas em possíveis continuações, se a primeira tiragem fizesse sucesso.
      O filme segue o mesmo esquema. Logo nos primeiros segundos já somos jogados no meio da guerra. Como ela começou, qual o seu desenrolar, e , principalmente, que diabo de motivação teriam aqueles insetos para destruir um planeta (o nosso) do outro lado da galáxia são questões deixadas para as sequências. Tais sequencias nunca vieram pois eu considero os filmes 2 e 3 (teria um 4?) histórias totalmente independentes baseadas no mesmo universo criado. Nem sei se passaram no cinema ou se saíram direto em vídeo.
      Repito. Acho que ainda cabe uma sequência decente, mesmo passados tantos anos.
      A qualidade dos vídeos nos meus posts mais recentes é consequência direta dos meus problemas de visão. Gosto dos filmes antigos, mas a qualidade VHS não supre mais as minhas necessidades. Após adquirir Bluray e Tv de alta definição foi como se eu “voltasse a enxergar”.
      Então, passei a procurar que nem doido tudo quanto é filme antigo que fosse lançado em alta definição, não importando o país, já que, tendo os áudios em vhs ou dvd, eu remasterizo.
      Te juro. Tá mais difícil encontrar as dublagens, por mais deterioradas que estejam, do que os blurays.
      Vou aproveitar que tenho alguns dias de folga para fazer mais algumas remasterizações. Dá pra fazer uma a cada 2 ou 3 dias.
      Amanhã já mando mais uma.
      E parabéns pela promoção de grumete para marinheiro.
      Desejo que tenha toda a sorte e paciência para esta nova função. Acredite. Você vai precisar.

  • Alexandre  Disse:

    Realmente, Don. Tinha potencial de ser uma franquia de sucesso.
    Acabei de ler o link que voce passou sobre um remake. Mas próximo o dos livros.

    Não sei. Pode até ser, mas duvido muito que vá prestar. Ainda mais um filme desses nos dias atuais. Provavelmente, as cenas de ação vão ser tudo amenizados, como já dito. Gostei da declaração do Verhoeven quando foi criticado pela violência do filme: “Mas é o que aranhas de 2 metros e 4 toneladas fariam “. Faz todo o sentido.

    Um abraço 🙂

    • Don Costa  Disse:

      Alexandre, a maior preocupação em torno deste remake é que ele está nas mãos das mesmas pessoas que fizeram o remake de “O Vingador do Futuro”. O resultado ficou muito abaixo das expectativas.
      Robocop, outro projeto do diretor que terá um remake lançado no mês que vem, é uma incógnita.
      E o remake de Tropas Estelares também não está indo para um caminho muito bom não. Afinal, como você vai querer fazer um filme “SÉRIO E REALISTA” sobre uma guerra intergaláctica contra insetos gigantes? Pois foi exatamente isso o que os produtores disseram. Querem um filme mais sério e realista.
      Realista, porém sem violência??? A parte realista, então, devem ser os insetos gigantes, eu acho! Afinal eles são muito comuns.
      Serão, então, duas horas de diálogos filosofando sobre a fragilidade do conceito da vida enquanto essência existencial, diante da dubilidade do conceito de convivência predatória no âmago da rebinboca parafusetária, causada pela falta de caroço na banana?
      Olha. Vai ter de ser um texto muuuuuiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiittttttttttto bom!
      Abraços

  • Alainstair  Disse:

    Existe outra dublagem além dessa? Parabéns!

    • Don Costa  Disse:

      Obrigado Alainstair.
      Foi lançado, nos EUA, um bluray com os áudios em Inglês, Espanhol e Português. Eu não conheço esse bluray, mas é comum fazerem redublagens quando os filmes são remasterizados para mídias mais avançadas, como nesse caso.
      E é bem possível ter sido feita uma redublagem, já que este disco não foi lançado aqui, pelo menos por enquanto.
      Seja como for, só para garantir, eu fiz essa RMZ com a primeira dublagem existente sobre um bluray-rip americano.
      Quando eu conseguir ter acesso à esse disco importado eu tiro a dúvida.
      Abraços.

      • Alainstair  Disse:

        Obrigado por responder e por nos presentear com esse filmaço! Dual audio, com legendas e essa qualidade de imagem! Show!

  • Napoleon1701  Disse:

    Um dos filmes de ficção que eu mais assisto,pela história fantástica e o pique da ação.Valeu Don Costa! Grande abraço gurizada medonha!!!

    • Don Costa  Disse:

      Napoleon.
      Guarde com carinho esta versão porque, pelo que consta, o remake que está sendo cogitado terá bem menos ação, violência e humor.
      Abraços.

  • farra4ever  Disse:

    Obrigado.

  • Nem76  Disse:

    Bom dia!
    Não to conseguindo baixar a segunda parte desse filme.
    Ta dando erro temporário.Já baixei todas as partes, só falta a segunda.
    Me ajude por favor !!!

    • Don Costa  Disse:

      Boa tarde Nem76!
      Esse erro é bastante comum no Mega e, como o próprio nome diz, ele é temporário, geralmente voltando ao normal em 1 ou 2 dias.
      Recomendo que utilize um gerenciador de downloads como o JDownloader2 para baixar este arquivo. Após abrir o link neste gerenciador, ele ficará tentando baixá-lo a cada 5 minutos até conseguir. Depois bastará colocar esta segunda parte na mesma pasta com as demais partes baixadas e descompactar normalmente.
      Vou ficar monitorando esse link nos próximos dois dias e, se ele não voltar ao normal, eu uparei o filme novamente.
      Infelizmente, no caso de uma reupagem, você terá que baixar todas as partes novamente, pois como eu não tenho mais as partes antigas terei que criar novas, e essas novas partes upadas serão incompatíveis com as que você já baixou.
      Por favor avise-nos se conseguir baixar essa segunda parte nos próximos dois dias.
      Grande abraço.

Deixe uma resposta