THX 1138 (Dublado) – 1971

“THX 1138” (EUA) – 1971
SCI-FI – THRILLER
DIREÇÃO: George Lucas
IMDb: 6,8 – FICHA DO FILME

Image

DUBLADO – HERBERT RICHERS – NOVOS LINKS

Postado por Wagner S.

DADOS DO ARQUIVO:

Qualidade: TVRip (Canal Max)
Tamanho: 994 MB
Duração: 84 minutos
Legendas: Português (Embutidas)
Áudio: Dublado em português – (Estúdio Herbert Richers)
Upload/Reupload: Wagner S. (1º up: 20/10/2014)

LINKS:

PARTE ÚNICA: UPTOBOX – 1FICHIER – USERSCLOUD – DEPOSITFILES

SINOPSE:

Século XXV. A humanidade vive abaixo da superfície da Terra, em uma sociedade onde os robôs são a força policial e as pessoas se divertem através da TV holográfica. Todas as pessoas tomam drogas diariamente, de forma a controlar as emoções e manter a paz. Além disto, o sexo é proibido por lei. Um dia o trabalhador THX 1138 (Robert Duvall) resolve parar de tomar suas drogas. Ele se apaixona por LUH 3417 (Maggie McOmie), sua colega de quarto, que engravida dele. Ao serem descobertos são enviados à prisão. Lá THX conhece o programador SEN 5241, que o ajuda a escapar. Ele parte então em busca de LUH, para que possam chegar à superfície do planeta.

Image

ELENCO:

Robert Duvall … THX
Donald Pleasence … SEN
Don Pedro Colley … SRT
Maggie McOmie … LUH
Ian Wolfe … PTO
Marshall Efron … TWA
Sid Haig … NCH
John Pearce … DWY
Irene Forrest … IMM
Gary Alan Marsh … CAM
John Seaton … OUE
Eugene I. Stillman … JOT
Jack Walsh … TRG
Mark Lawhead … Shell Dweller
Robert Feero … Chrome Robot #1
Johnny Weissmuller Jr. … Chrome Robot #1

CURIOSIDADES:

– THX 1138 nasceu como resultado de um curta-metragem dirigido por George Lucas ainda no tempo em que cursava a faculdade, chamado Electronic Labyrinth THX 1138 4EB (1967). Foi graças ao sucesso feito pelo curta que teve a chance de dirigiri seu primeiro longa-metragem, estrelado por Robert Duvall e produzido por seu mentor, Francis Ford Coppola;

– Foi o primeiro filme produzido pela American Zoetrope, criada por Francis Ford Coppola;

– Aparentemente, George Lucas tirou o título de seu telefone enquanto morava em San Francisco. O número era 849-1138, sendo que THX são as letras equivalentes aos botões 8, 4 e 9;

– O roteirista Walter Munch declarou em entrevista que George Lucas jamais lhe dissera o porquê das siglas THX e LUH. Ele acreditava que eram homônimos de sexo e amor, os dois fatores que afastavam os personagens da sociedade;

– A intenção inicial de George Lucas era que THX 1138 fosse rodado no Japão, mas o orçamento disponibilizado por Francis Ford Coppola era insuficiente para tanto. Desta forma, as filmagens foram nas cidades de San Francisco e Los Angeles;

– Estreia de David Ogden Stiers no cinema;

– George Lucas teve a oportunidade de escalar Orson Welles para dar voz ao personagem OMM, mas preferiu James Wheaton;

– Segundo George Lucas, a cena em que os técnicos mexem no sistema nervoso de THX, provocando espamos cômicos, foi inspirada em sua própria antipatia por médicos, nascida pelo modo como foi tratado após um grave acidente de carro sofrido na juventude;

– George Lucas contou com o apoio do centro de reabilitação de drogas de Synanon para conseguir o grande número de extras que precisava. Lá encontrou vários dependentes em tratamento que já estavam com a cabeça raspada, como parte do programa ministrado no centro de reabilitação;

– Parte dos diálogos de SEN foi retirada de discursos de Richard Nixon;

– Foi rodada uma cena em que THX caía em um compactador de lixo e se desviava de um roedor mutante. Ela foi cortada porque o roedor não era realista o suficiente. Esta mesma situação foi depois aproveitada por George Lucas em Guerra nas Estrelas (1977);

– Perto do final do filme é possível ver na sala dos computadores a tela de um deles piscando, onde aparecia apenas a palavra “TILT”;

– Muitos dos efeitos eletrônicos ouvidos no filme são resultado do som telefônico alterado eletronicamente;

– A música que toca nos créditos finais é St. Matthew Passion, BMV 244, de Johann Sebastian Bach;

– Os executivos da Warner Bros não gostaram do resultado final de THX 1138, o que fez com que o reeditassem por conta própria e diminuíssem o investimento na divulgação;

– Em seu lançamento original, THX 1138 tinha um clip de um minuto de Daqui a Cem Anos (1936), antes dos créditos iniciais. Ao ser relançado nos anos 70 este clip foi substituído por outro da série Buck Rogers (1939);

– George Lucas incluiu em outros filmes por ele dirigidos algumas referências a THX 1138. Em Loucuras de Verão (1973) é possível ver a placa de um carro com o código THX 138. Em Guerra nas Estrelas (1977) é citada a cela de prisão 1138;

– O sistema de som desenvolvido pela Industrial Light & Magic, empresa pertencente a George Lucas, chama-se THX em homenagem a este filme;

– Seu orçamento foi de US$ 777 mil.

9 comentários para THX 1138 (Dublado) – 1971

  • lilbarby  Disse:

    agora o nosso velho sistema dos comentarios esta funcionando de novo.
    sinto vontade de agradecer mais uma vez para este lancamento otimo a tu, marujo Wagner ! 😀
    viva a Tela !
    Bem.

  • farra4ever  Disse:

    Obrigado.

  • Thiago  Disse:

    Que história fantástica! Preciso assistir logo esta pérola da ficção. Obrigado Wagner por resgatar este desconhecido filme com a dublagem clássica da Herbert Richers. Forte abraço!

  • guga  Disse:

    link off

    • Wagner S.  Disse:

      Reupado Guga, abraço!

      • guga  Disse:

        Oi Wagner. Obrigado 🙂

      • MARCOS F.  Disse:

        Wagner, estou baixando um BDRemux pra remaster desta pérola do Gênero, então pergunto, tu tens a versão do Neno?
        Porque os links da rmz dele, em 720p, estão Off. Se não tiveres, quando publicar, faço nas duas opções de tamanho…
        Valeuu irmão!!

        • MARCOS F.  Disse:

          Opa, última forma, agora vi que a opção no 1Fichier esta On, portanto já está resolvido 😀

        • Wagner S.  Disse:

          Eu também tinha no hd ele dividido em partes como o Neno postou mas apaguei prá ganhar espaço. Sorte que o link do 1fichier ainda estava on, aí aproveitei prá reativar nos outros servers também.
          Já sei que em breve vem coisa boa por ae. Valeu Marcão!

Deixe uma resposta