RASTROS DE ÓDIO (Dublado) – 1956

THE SEARCHER – 1956
FAROESTE
DIREÇÃO: John Ford
ROTEIRO: Frank S. Nugent, Alan Le May
IMDb: 8,0
http://www.imdb.com/title/tt0049730/

DUBLADO – NOVO LINK

Postado por JULKM e PCLAR

Dados do arquivo:
Formato: AVI
Qualidade: DVDRip
Tamanho: 697 MB
Duração: 118 min.
Legendas: S/L
Áudio: Português
Servidor: 4Shared (dividido em 3 partes) Mega (parte única)
Uploader: JULKM e PCLAR

Atenção: Para baixar arquivos pelo 4Shared é necessário ter cadastro e estar logado.
Clique aqui e veja como criar a sua conta grátis (Free) no 4Shared.

LINKS:
Parte 01: RASTROS DE ÓDIO
Parte 02: RASTROS DE ÓDIO
Parte 03: RASTROS DE ÓDIO

LINK (PCLAR):
PARTE ÚNICA: RASTROS DE ÓDIO
 
SENHA: teladecinema_blog

AVISO: Digite a senha, não use copiar e colar.

Sinopse: O veterano da Guerra Civil Ethan Edwards (John Wayne) chega ao Texas em 1868 e encontra o seu irmão e a família dele. Entretanto, no dia seguinte, comanches invadem o rancho e matam o seu irmão e Martha (Dorothy Jordan), a esposa dele. Além disso, raptam as duas filhas do casal. Ethan parte então em uma busca vingativa pelas meninas junto com o companheiro Martin (Jeffrey Hunter), um mestiço que logo percebe que Ethan está obcecado por matar os índios e cheio de ódio racista. Eles encontram o corpo da mais velha, e saem em busca da caçula, que procuram por mais 5 anos no deserto.

– Um dos primeiros filmes a fazer auto-propaganda através de um documentário do making-of que passou na TV. Gig Young apresentou o programa, com Jeffrey Hunter como convidado.
– O astro do gênero faroeste Harry Carey morreu em 1947. O diretor John Ford incluiu no filme a esposa de Carey, Olive Carey, como a Senhora Jorgensen e também o seu filho, Harry Carey Jr., como um dos filhos, Brad. Essa foi a sua forma de prestar uma homenagem ao ator. Na cena final com John Wayne na porta, Wayne segura o seu cotovelo direito em uma pose que os fãs de Carey reconheceriam como sendo bem específica dele. Wayne depois declarou que ele fez o gesto como uma homenagem à Carey.
– Lana Wood interpretou Debbie Edwards pequena, e Natalie Wood, a irmã mais velha de Lana, interpretou Debbie Edwards adolescente.
– Hank Worden (Mose Harper) estava terminando as filmagens de The Indian fighter e não pode gravar algumas cenas do filme. Na cena em que os Rangers fogem em Monument Valley, “Old Mose Harper” quando está em grupo, é interpretado por outro ator, que se mantém escondendo o rosto. As cenas de Harper sozinho foram feitas depois quando Worden já estava livre de outras ocupações.
– Natalie Wood ainda era uma estudante do ensino médio quando o filme estava sendo feito, e em diversas ocasiões, tanto John Wayne quanto Jeffrey Hunter tinham que buscá-la na escola, quando a menina estava sendo requerida no set de filmagens. Isso causava uma enorme empolgação nas colegas de classe de Natalie.




Elenco:
John Wayne … Ethan Edwards
Jeffrey Hunter … Martin Pawley
Vera Miles … Laurie Jorgensen
Ward Bond … Rev. Capt. Samuel Johnston Clayton
Natalie Wood … Debbie Edwards – Age 15
John Qualen … Lars Jorgensen
Olive Carey … Mrs. Jorgensen
Henry Brandon … Chief Cicatriz – Scar
Ver todo o elenco >>>

Ficha técnica:
# país: EUA
# duração original: 119 min
# estúdio: Warner Bros. Pictures, C.V. Whitney Pictures
# distribuidora: Warner Bros. Pictures
Mais informações >>>

Arquivo corrompido? Senha incorreta? Arquivo sem áudio?
Arquivo sem imagem? Arquivo sem legenda? Link com defeito?

Leia o tópico de AJUDA: http://tel4decinem4.blogspot.com.br/p/ajuda.html

4 comentários para RASTROS DE ÓDIO (Dublado) – 1956

  • Mauricio Mixx  Disse:

    EXCELENTE POSTAGEMMMMMMMMMM CARACASSSS EU ADORO BANG BANG, AINDA MAIS UM CLÁSSICO DESSE, MUITO OBRIGADO MESMO, E DUBLAGEM ORIGINAL, GRANDE ABRAÇO E MAIS UMA VEZ OBRIGADO MAURICIO

  • Anonymous  Disse:

    obrigado por postar esse obra prima grande classico de john wayne e de john ford para mim o segundo melhor western que já foi feito em primeiro três homens em conflito.

  • Nelson  Disse:

    Essa dublagem não é a clássica mas a do DVD duplo que é uma redublagem. Uma pena. Tomara que ela apareça por aí algum dia.

Deixe uma resposta