PARAÍSO (Dublado) – 1991

“Paraíso” (EUA) – 1991
DRAMA
DIREÇÃO: Mary Agnes Donoghue
IMDb: 6,7 http://www.imdb.com/title/tt0102631/

Image

DUBLAGEM CLÁSSICA

Postado por Vagnernoron

Image

Formato: AVI
Qualidade: TVRip
Tamanho: 1.05 gb
Duração: 107 min.
Legendas: S/L
Áudio: Português (Dublagem Clássica Herbert Richers)

Image

PARTE 1: UPLOADEDUPTOBOX1FICHIERUSERSCLOUDUPLOADABLEUPPIT

PARTE 2: UPLOADEDUPTOBOXGAMEFRONT1FICHIERSPEEDYSHAREUPLOADABLEUSERSCLOUD

PARTE 3: UPLOADEDUPTOBOX1FICHIERUSERSCLOUDSPEEDYSHAREUPPITUPLOADABLEFILES.FM

PARTE 4: ZIPPYSHAREUPLOADEDHUGEFILESSENDMYWAYUPTOBOX2SHAREDZIDDU1FICHIERSPEEDYSHAREUSERSCLOUDUPLOADABLE

Image

Garoto é confiado, durante as férias de verão, a um jovem casal amigo de sua mãe. Durante sua estadia na cidadezinha do interior ele faz amizade com uma menina precoce e, através da sua inocência, consegue devolver a chama da paixão aos seus anfitriões. Inspirado no filme francês Le Grand Chemin.

Image

Image

Image

Melanie Griffith … Lily Reed
Don Johnson … Ben Reed
Elijah Wood … Willard
Thora Birch … Billie Pike
Sheila McCarthy … Sally Pike
Eve Gordon … Rosemary
Louise Latham … Catherine Reston Lee
Greg Travis … Earl McCoy

Image

Image

5 comentários para PARAÍSO (Dublado) – 1991

  • fredpillon  Disse:

    Muito obrigado.

  • Camilapic  Disse:

    Nossa, esse filme apareceu!! Assisti uma vez na sessão da tarde, e outra no Corujão, e nunca mais o encontrei, nem legenda (pelo menos na época que procurei). Acabei assistindo em espanhol. Vagner sempre trazendo coisa boa e sumida!

  • xandy_jpv  Disse:

    Eu ia capturar este filme, mas acabei optando por gravar a programação da BAND, pois suspeitava que você fosse realizar este trabalho. E dei sorte, consegui uma dublagem diferenciada, que irei compartilhar aqui no Teladecinema. Obrigado amigo.

  • RudolfWalker  Disse:

    muito bom, dublagem boa tbm, valeu vagner.

  • Thiago  Disse:

    Este filme é apaixonante. Tem todo aquele clima gostoso da Sessão da Tarde. Elijah Wood fez excelentes filmes nessa época. A dublagem da Herbert Richers é outro espetáculo à parte. Valeu pelo post, Vagner! Não sabia que tinha sido reprisado recentemente pela Globo. Abs!

Deixe uma resposta