O,VAMPIRO,DA,NOITE,(Dual,Áudio,/,576p),–,1958

,. Fantasia,. Horror,§ Marcos F.,* Hammer,> Dublados,> Dublagem Clássica,> RMZ,>> Dual Áudio,# Reino Unido,Filmes 1958" />

O VAMPIRO DA NOITE (Dual Áudio / 576p) – 1958

DRACULA / HORROR OF DRACULA – 1958
FANTASIA – HORROR
DIREÇÃO:  Terence Fisher
ROTEIRO:  Jimmy Sangster, Bram Stoker
IMDb: 7,4
http://www.imdb.com/title/tt0051554/

RMZ – 2ª D. CLÁSSICA (H. RICHERS) – DUAL ÁUDIO

“NOVO LINK”

Postado por Marcos F.

.

**POSTADO ORIGINALMENTE EM 16/06/2013**
Formato: MKV
Qualidade: BRRip 576p (960 x 576 – aspecto 1.667 – H264 L4.1 – 2.200 Kbps – 24 fps – 8 bits)
Tamanho: 1,40 GB
Duração: 82 min.
Legenda (SELECIONÁVEL): Português BR
Áudio (SELECIONÁVEL):
1° – Português (2ª D. Clássica H. Richers) – Mp3 128 Kbps – 44.1 KHz
2º – Inglês (Original) – Mp3 128 Kbps – 44.1 KHz
Servidor: Mega (parte única RAR)
Encoder, Remasterizador e Uploader: Marcos F.

.

VEJA TAMBÉM:
O HORROR DE DRÁCULA / VAMPIRO DA NOITE (TRI ÁUDIO / 480P / 1958) Postado por Panda

.

.

FILME: O VAMPIRO DA NOITE

.

O Conde Drácula (Christopher Lee) é um nobre eslavo, condenado à vida eterna. Ele deixa sua terra natal, na Transilvânia, para ir a Londres em busca de novas vítimas. Seus hábitos noturnos chamam a atenção do Dr. Van Helsing (Cushing), um cientista que se torna inimigo implacável do conde, determinado a por um fim à sede de sangue do Vampiro da Noite.



* Drácula é o primeiro de uma série de filmes de horror do estúdio inglês Hammer Film Productions, numa revisão moderna do clássico de Bram Stocker. Dirigido por Terence Fisher, e estrelado por Peter Cushing e Christopher Lee, recebeu nos Estados Unidos o título de Horror of Dracula, a fim de não gerar infração dos direitos autorais com o filme de 1931, da Tod Browning e estrelado por Bela Lugosi.
* Foi filmado no Bray Studios a partir de novembro de 1957, com um investimento orçado em £81,000.00 (oitenta e uma mil libras esterlinas).
* Este filme constitui-se na primeiro do cinema que teve seu enredo mesclando o fantástico, romance e sensualidade – até então sem precedentes. O sucesso da fita provocou a realização, em 1960 de outro, espécie de seqüência, The Brides of Dracula.

.

Peter Cushing … Doctor Van Helsing
Christopher Lee … Count Dracula
Michael Gough … Arthur
Melissa Stribling … Mina Holmwood
Carol Marsh … Lucy Holmwood
Olga Dickie … Gerda
John Van Eyssen … Jonathan Harker
Valerie Gaunt … Vampire Woman
Janina Faye … Tania (as Janine Faye)
Barbara Archer … Inga  

.

# país: Reino Unido
# duração original: 82 min.
# estúdio: Hammer Films
# distribuidora: J. Arthur Rank Film Distributors…

.

14 comentários para

O VAMPIRO DA NOITE (Dual Áudio / 576p) – 1958

  • Tiago Lima Rodrigues  DISSE:

    Mais um dublado para a coleção .Valeu pelo Post.

  • AMarcos  DISSE:

    Muito obrigado por essa grande postagem!! Lee e Cushing, dupla sensacional. ;^)

  • renato  DISSE:

    Boa noite ,os links estão off , quando restar um tempinho disponível ,gostaria que recoloca-se . Desejo muito ver esta obra … Abraço forte !

  • renato  DISSE:

    Oi Marcos F ,obrigado por atender meu pedido em relação ao filme da mumia ,quanto a este : O vampiro da noite 1958 ,você o tem ? teria como recolocar ? Já assisti alguns filmes envolvendo Vampiros e Dráculas e sempre é entretenimento garantido e este é um daqueles que só poderei ter o deleite de vê-lo te pedindo ,afinal não vejo possibilidade de achar essa obra em outro lugar se não aqui contigo … Garanto que vou deixar você tranquilo ,e só vou pedir quando julgar necessário como acontece agora … Obrigado por tudo que você faz pelos amantes dessa arte que nos teletransporta em inúmeras aventuras …Forte abraço !

    • MARCOS F.  DISSE:

      Boa tarde amigo Renato, tranquilo quanto ao pedido de reupe, e, sim, tenho este arquivo aqui. Pretendo fazer um upgrade de vídeo e áudios deste título, porém não será agora.
      Então, logo mais atualizo o post com um novo link…
      Agradeço as palavras incentivadoras, abração!

    • MARCOS F.  DISSE:

      Novo Up feito, aproveitei pra substituir a legenda pq a anterior não estava legal…
      Caro amigo Renato, ótima sessão e forte abraço!

      Em tempo, aconselho dar uma conferida no post do amigo Panda (deixei link logo abaixo do campo dados do arquivo) porque a primeira dublagem Herbert Richers também é ótima! 😀

      • renato  DISSE:

        Nossa ,quanta prestatividade ! Que maravilha . Já me contento com seu arquivo Marcos F , o do Panda esta pelo minhateca ,então fica impossível ,por isso solicitei o pedido . Obrigado pela atenção dedicada ,principalmente por que imagino que estejas empenhado em seus futuros projetos ,onde o fato de mesmo com pouco tempo disponível ,você me atender fico felicíssimo por essa atitude sua ,sempre disposto a auxiliar ,isso é uma grande nobreza de caráter … obrigado por tudo !

  • moisesfranciscon  DISSE:

    obrigado pela postagem! melhor que isso, só se fosse 720/1080 🙂 esse filme se assemelha mais ao livro do que o Drácula de Bram Stoker, dos anos 1990?

    • MARCOS F.  DISSE:

      Boa tarde marujo Moises, sobre a pergunta que fizeste não sei responder porque nunca li a obra de Bram Stoker, mas acredito que o filme de 92 seja mais fidedigno.
      Quanto aos formatos, como explico logo acima pro Renato, está nos meus planos upgrade deste post…
      Não apenas nos formatos, mas também de nova remasterização desta dublagem, que postei, mais a que o grande amigo Panda postou. Farei, quando possível, com toda dedicação e carinho que a obra merece…
      Agradeço a presença e forte abraço!

  • aloisio braglia  DISSE:

    eu li duas vezes o livro e com certeza posso afirmar que a versão de 1992 não é a mais fidedígna. a começar pela aparência do dracula.

    • MARCOS F.  DISSE:

      Boa noite Aloisio, confesso que me deixou curioso sobre a aparência do personagem Drácula da obra literária… Embora não tenha lido o livro, fiz a observação baseando nas diversas matérias que li a respeito da mesma, e, nelas, encontrei o maior número de dados, personagens e sequência de acontecimentos, combinados, entre a obra literária (1897) e a adaptação de Coppola (1992). A maior diferença, amplamente criticada, foi o enfoque romântico que Coppola desenvolveu entre Drácula e Mina. Particularmente, concordo com a crítica no que se refere a promessa de que seria fidedigna, porém, apoio a linha seguida por Coppola, pois certamente conseguiu um belo resultado. Pro meu imaginário e de muitos da mesma geração, Drácula mesmo é o interpretado por Bela Lugosi. Logo após, em brilhante segundo lugar, vêm o de Christopher Lee. O filme de 1992, quando assisti pela prima vez achei simplesmente magnífico e a cada ano que passa conquista mais e mais admiração. E, não esquecendo NUNCA, tem o Nosferatu (1922) que já entra na categoria arquétipo inquestionável, ou paradigma de base… Verdadeira obra de sublime estética!
      Bueno, de qualquer forma caro marujo Aloisio, agradeço muitíssimo a presença e forte abraço. 😀

  • ROBERTO ALVES  DISSE:

    obrigado CAPITÃO por mais esse maravilhoso post – adorei – essas raridades são fantásticas – vale a pena conferir novamente – é eu sempre afirmo que no teladecinema.net o impossível acontece – valeuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu

  • farra4ever  DISSE:

    Obrigado.

  • Willian Papp  DISSE:

    Obrigado pela postagem.

PARTICIPE DA DISCUSSÃO, MAS ANTES DE COMENTAR CLIQUE AQUI E LEIA NOSSAS REGRAS DE COMENTÁRIOS. Saiba que todos os comentários são moderados, nós nos reservamos o direto de publicá-los ou não. É proibido divulgar endereço de sites, blogs, fóruns que não sejam de parceiros ou de colaboradores do Tela de Cinema. Nós não permitimos a publicação de links de arquivos nos comentários, para colaborar acesse o menu do blog e procure pela opção COLABORE CONOSCO, ou clique aqui. Nós não recomendamos a divulgação de emails nos comentários, faça isso por sua conta e próprio risco.