O RETRATO DE DORIAN GRAY (Dublado) – 1945

THE PICTURE OF DORIAN GRAY – 1945
DRAMA – FANTASIA – HORROR
EUA
DIREÇÃO: Albert Lewin
ROTEIRO:Albert Lewin, Oscar Wilde
IMDb: 7,6
http://www.imdb.com/title/tt0037988/

DUBLAGEM CLÁSSICA

Postado por Sparrow

 


POSTADO ORIGINALMENTE POR VAGNERNORON EM 10/06/13
Formato: AVI
Qualidade: DVDRip
Tamanho: 678 MB
Duração: min.
Legendas: S/L
Áudio: Português
Servidor: Minhateca (dividido em 3 partes)
Ripador: Luisfv
Uploader: Sparrow


PASTA COM ARQUIVOS: O RETRATO DE DORIAN GRAY


Dorian Gray (Hurd Hartfield) é um jovem ingênuo, que é apresentado ao mundo hedonista de Londres pelo lorde Henry Wotton (George Sanders). Um dia Basil Hallward (Lowell Gilmore), um amigo que é artista, resolve fazer uma pintura para retratar a beleza jovial de Dorian. Ele gosta tanto do retrato que declara que, se pudesse, daria até mesmo a alma para permanecer com aquele visual para sempre. A partir de então todos os pecados e a idade de Dorian são transferidos para o retrato, que fica cada vez mais horrível. Em compensação, Dorian permanece sempre com o visual jovem e belo.

– Michael Dyne esteve cotado para interpretar Dorian Gray. Foi ele quem indicou Angela Lansbury para a personagem Sybil Vane, que lhe rendeu uma indicação ao Oscar;
– O ator Basil Rathbone fez campanha para ficar com o personagem Henry Wotton. Entretanto, seu sucesso na pele de Sherlock Holmes fez com que a Universal Pictures se recusasse a liberá-lo para trabalhar em um filme produzido pela MGM;
– Laird Cregar esteve cotado para interpretar Henry Wotton;
– Angela Lansbury fez testes para O Retrato de Dorian Gray e À Meia Luz (1944) no mesmo dia. Foi aprovada em ambos;
– Donna Reed ficou descontente ao realizar O Retrato de Dorian Gray, já que inicialmente lhe foi prometido o papel que ficou com Angela Lansbury;
– É o último filme do ator Charles K. French;
– As filmagens ocorreram entre 8 de março e 5 de agosto de 1944;
– O filme é todo em preto e branco com exceção de quatro cenas, quando o retrato de Dorian Gray é visto a cores;
– Já estabelecida como cantora de cabaré, Angela Lansbury deu à canção “Good-bye, Little Yellow Bird” um forte tom melancólico;
– O famoso quadro do decadente Dorian Gray, feito por Ivan Le Lorraine Albright, pertence hoje ao Instituto de Arte de Chicago;
– Anos mais tarde, o quadro usado para retratar o jovem Dorian Gray foi vendido em leilão;
– É a 7ª de 16 versões para o cinema ou TV do livro de Oscar Wilde. As demais foram Dorian Gray Portrait (1910), The Picture of Dorian Gray (1913), Portret Doryana Greya (1915), The Picture of Dorian Gray (1916), Das Bildnis des Dorian Gray (1917), Az Élet Királya (1918), Dorian Gray (1970), The Picture of Dorian Gray (1973), The Portrait of Dorian Gray (1974), A Nudez de Hollywood (1978), The Sins of Dorian Gray (1983), Dorian Gray – Pacto com o Diabo (2001), The Seven Deadly Sins: Gluttony (2001), The Picture of Dorian Gray (2004), Dorian (2005) e O Retrato de Dorian Gray (2009);
– Seu orçamento foi de US$ 3,5 milhões.
– Vencedor do OSCAR por Melhor Fotografia – Preto e Branco e do GLOBO DE OURO por Melhor Atriz Coadjuvante – Angela Lansbury.





7 comentários para O RETRATO DE DORIAN GRAY (Dublado) – 1945

  • facebook_ailton.salessantos.9  DISSE:

    Vagnernoron, obrigado por mais este clássico!

  • F.Franco  DISSE:

    Boa noite a todos os membros do tela de cinema, filme nota 10, já tive o prazer de abaixar esse filme ripado pelo nosso amigo Luisfv, e tenho até ele em casa. E obrigado ao uplador Sparrow por colocar essa preciosidade desse filme com um elenco ESTELAR que se encontra atualmente no céu junto a JESUS CRISTO.

    Filme conta a história do personagem Dorian e do seu retrato, onde o retrato envelhece no ao passar dos anos e o Dorian continua eternamente jovem, filme que parece mais um dos episódios de ALÉM DA IMAGINAÇÃO. Quem sabe Rod Serling não se inspirou neste belíssimo filme para o seriado ALÉM DA IMAGINAÇÃO.

    Já que a vida imita a arte, um médio escocês descobriu uma localidade que ficava entre a Índia e Paquistão, o nome do povo desse lugar era Hunza. Esse povo tinha característica peculiar do Dorian Gray, os Hunzas não envelheciam ou demoram muito para envelhecer. Nas pesquisa do cientista foi descoberto quando as mulheres Hunza chegavam a idade dos 40 anos, elas continuavam com a aparência de 20 anos e só chegavam a ficar com aparência de 40 anos, quando são octogenárias. A expectativa de vida era de 110 anos a 120 anos. Eles não tinha doenças, não se aposentavam. A dieta alimentar desse povo fascinante era: verduras, legumes, frutas, cereais e um tipo de pão. Sem falar que eles se alimentava duas vezes.

    Mas com a chegada de estadounidenses e ingleses os hábitos dos hunzas mudaram radicalmente. Sendo assim, eles passaram a consumir produtos industrializados que tanto faz mal a saúde e deixaram de consumir a sua dieta milenar, com isso sua expectativa de vida que era de 110 anos ou 120 anos, abaixou para 80 anos.

    Que pena, mas é uma lição que podemos viver muito mais e ter uma juventude maior se consumimos alimentos saudáveis.

    Sparrow, eu mandei os emails: 3ds0n.4.t3ll3s@gmail.com (Sparrow) ou jack-sacramento@hotmail.com (EdFilmes). Estou esperando a sua resposta ou do Ed filmes.

    Meu imail é fabiofrancojp@hotmail

    • F.Franco  DISSE:

      Outra coisa o Google Chromo está dando erro, quando apertamos o botão DEIXE O SEU COMENTÁRIO, avisa que deu ERRO.
      Sendo assim, tive usar o FIREFOX MOZILLA para o meu comentário acima ganhasse a VISUALIZAÇÃO.

  • Praxinoscopio  DISSE:

    Excelente postagem. Acredito ser esta (ainda não vi a de 2009) a melhor adaptação para o cinema do livro de Oscar Wilde.

  • dutrabr98  DISSE:

    nossa 16 versões de um livro em filme -.-

  • dutrabr98  DISSE:

    li: The Seven Deadly Sins: Gluttony (2001) achei o nome legal fui pesquisar pqpqppqpqpq ;-;-;-;-;-; quem teve a ideia de fazer um pn gay desse livro ;-;

  • Julimar  DISSE:

    ÓTIMA POSTAGEM! PARABÉNS!

PARTICIPE DA DISCUSSÃO, MAS ANTES DE COMENTAR CLIQUE AQUI E LEIA NOSSAS REGRAS DE COMENTÁRIOS. Saiba que todos os comentários são moderados, nós nos reservamos o direto de publicá-los ou não. É proibido divulgar endereço de sites, blogs, fóruns que não sejam de parceiros ou de colaboradores do Tela de Cinema. Nós não permitimos a publicação de links de arquivos nos comentários, para colaborar acesse o menu do blog e procure pela opção COLABORE CONOSCO, ou clique aqui. Nós não recomendamos a divulgação de emails nos comentários, faça isso por sua conta e próprio risco.