O MENINO QUE FALAVA COM FANTASMAS (Dual áudio) – 1978

“Child of Glass” (EUA) – 1978
DRAMA – FAMÍLIA – FANTASIA
DIREÇÃO: John Erman
IMDb: 7,5 http://www.imdb.com/title/tt0077325/

RMZ – Dual Áudio – Dublagem Clássica

Novos Links + Legenda Completa Adicionada

Postado por Don Costa

image

Formato: MKV

Qualidade:
Vídeo: DVD-Rip, (720*480) 4:3, AVC.
Áudio Inglês: AC-3, 2 canais, 192kbps
Áudio Português: AC-3, 2 canais, 192kbps

Duração: 93 min.
Tamanho: 770 mb

Legendas:
Português – somente nas partes sem dublagem – automático
Português – completo – selecionáveis

Áudio:
Dual Áudio Inglês (DVD-Rip)
Português (Br) -(RMZ -TVrip)

Servidor: Mega e 4shared (dividido em 4 partes)

Legendas: Aure Fera

Áudio TVrip em português: Bolinha e Blog do carioca

Remasterização e postagem: Don Costa

INFORMAÇÕES IMPORTANTES:

Este filme foi produzido para a tv, e fazia parte de uma longa lista de filmes produzidos pela Disney nas décadas de 70 e 80 com a mesma finalidade.

Até onde sei, este filme nunca foi lançado no Brasil. Nem dublado ou legendado.

Não existem legendas disponíveis e o único áudio encontrado foi de um TVrip upado pelo uploader Bolinha no site http://cariocabaixeaqui.blogspot.com.br.

Fiz uma remasterização deste áudio utilizando o vídeo de um DVD em inglês com uma imagem bem melhor.

Por ser ripado direto da TV, o áudio dublado possuía quase 5 minutos de cortes, além da falta de sincronização comum nestes casos.

Consegui acertar a sincronia e mesclei as partes faltantes com o áudio em inglês.

Quase todas as partes faltantes não possuíam diálogo, deixando a inserção imperceptível, mas, infelizmente, um trecho de aproximadamente 1 minuto de diálogo ininterrupto (a partir dos 48 min.) teve de ficar em inglês, já que esta parte foi cortada na versão existente no TVrip. Para quem já conhece a história, o diálogo não é importante. Porém, para quem vê o filme pela primeira vez, o diálogo ajudaria a acompanhar o roteiro.

Graças ao amigo Aure Fera, que traduziu os trechos sem dublagem e criou as legendas correspondentes, a postagem, agora, está completa e o filme pode ser apreciado por todos em sua totalidade.

Um abraço

image

Filme:

Pasta com os arquivos (Mega): O MENINO QUE FALAVA COM FANTASMAS

Links individuais (4shared):

Parte 1: O MENINO QUE FALAVA COM FANTASMAS

Parte 2: O MENINO QUE FALAVA COM FANTASMAS

Parte 3: O MENINO QUE FALAVA COM FANTASMAS

Parte 4: O MENINO QUE FALAVA COM FANTASMAS

Legendas:

Português – somente nas partes sem dublagem: O MENINO QUE FALAVA COM FANTASMAS

Português – completo: O MENINO QUE FALAVA COM FANTASMAS

image

TRECHO DE 55 SEGUNDOS PARA VERIFICAÇÃO DE DUBLAGEM:

image

Um menino que se muda para uma casa colonial no sul dos EUA precisa encontrar uma boneca para que o fantasma de uma menina possa descansar em paz.

Filme feito para tv.

IMAGENS DO FILME:





image

Barbara Barrie … Emily Armsworth
Biff McGuire … Joe Armsworth
Anthony Zerbe … Amory Timmons
Nina Foch … Aunt Lavinia Culp
Katy Kurtzman … Blossom Culp
Steve Shaw … Alexander Armsworth
Olivia Barash … Inez Dumaine
Denise Nickerson … Connie Sue Armsworth

image

INFORMAÇÕES DOS ATORES DO FILME:

STEVE SHAW:

Steven Norris Shaw nasceu em 03 de Junho de 1965. Filho do também ator Ervin LaVerne Shaw, começou cedo na carreira, atuando em várias peças e séries ainda na infância. Chamou a atenção em dois episódios de “Little House on the Prairie” (Os Pioneiros) em 1977 e 1979, com os personagens Dylan e Sam Delano, por suas interpretações. Seu principal trabalho foi na série de tv “Knots Landing” (1979 – 1993), uma spin-off (série derivada) de Dallas (1978 – 1991), onde interpretou o personagem Eric Fairgate de maneira constante entre 1979 e 1987, retornando eventualmente entre 1987 e 1990. Neste ano (1990) ele sofreu um trágico acidente. Segundo a polícia da Califórnia, Shaw perdeu o controle do seu carro em uma curva, atravessando a pista contrária e batendo de frente com um caminhão, tendo morte instantânea. Ele tinha apenas 25 anos e sua morte aconteceu apenas 6 meses após o falecimento de seu pai.

KATY KURTZMAN:

Katy Kurtzman nasceu em Washington D.C. em 16 de Setembro de 1965. Seus trabalhos de maior sucesso foram feitos ainda na adolescência, embora ela esteja em atividade até hoje, principalmente no teatro e em participações em séries de tv, além da carreira de diretora. Provavelmente seus trabalhos mais lembrados sejam os papéis de “Heidi” em “The New Adventures of Heidi” (1978) e de “Lindsay Blaisdel” do seriado “Dinastia” (1981 – 1989).

OLIVIA BARASH:

Olivia Barash veio ao mundo em 11 de Janeiro de 1965 em Miami, na Flórida, e desde pequena já aparecia em peças publicitárias. Antes de Child of Glass já tinha participado de séries para tv e continuou participando de séries e filmes para esta mídia nos anos seguintes, como “O Incrível Hulk” (1977 – episódio piloto), “As Panteras” (1978) e “Os Pioneiros” (1981). Também participou de filmes cultuados da década de 80, entre eles “Repo Man – A Onda Punk” (1984) no papel de Leila e “Tuff Turf – O Rebelde” (1985) no papel de Ronnie. Olivia ainda está em atividade. Seu último filme foi “Blue Dream” (2013).

DENISE NICKERSON:

Denise Nickerson nasceu em 01 de Abril de 1957 em Nova York, e fez sua estreia na tv em um episódio de Flipper de 1965. Sua carreira seguiu no teatro e na tv com poucos trabalhos no cinema. Participou de vários episódios do seriado “Sombras da Noite” (1970), interpretando a personagem Amy Collins. O mais conhecido filme de que participou foi “A Fantástica Fábrica de Chocolate” (1971), interpretando uma das crianças que encontraram o bilhete dourado chamada Violet Beauregard . Denise parou de atuar em 1978 e hoje trabalha como contadora em uma empresa de engenharia.

BARBARA BARRIE:

Barbara Ann Berman, nascida em Chicago no dia 23 de Maio de 1931, começou a carreira participando de várias séries de tv nos anos 50 e 60, tais como “Love of Life” (1951-1980), “Phil Silvers Show” (1955 – 1959) e Twilight Zone (1959 – 1964). Mas sua estreia no cinema foi logo em um grande filme, apesar do pequeno papel: “Assim Caminha a Humanidade” (1956), interpretando Mary Lou Decker (não creditada). Sua carreira seguiu intercalando trabalhos para tv e cinema. Na lista de trabalhos, destacam-se “A recruta Benjamin” (1980), “Correndo pela Vitória” (1979), pelo qual foi indicada ao Oscar de melhor atriz coadjuvante e “One Potato, Two Potato “ (1964), desta vez vencendo o prêmio de melhor atriz em Cannes, pelo papel de Julie Cullen Richards. A atriz ainda está em atividade e seu último trabalho foi em um episódio do seriado “Enlightened” (2011 – 2012).

BIFF McGUIRE:

William “Biff” McGuire nasceu em 25 de Outubro de 1926 em Connecticut. Iniciou sua carreira na série de tv “The Chevrolet Tele-Theatre” em 1950, e continuou com numerosos trabalhos na tv e no teatro. Teve participações nas séries “The Ford Theatre Hour” (1948 – 1951), “Studio One” (1948 – 1958), “Kraft Television Theatre” (1947 – 1958), “Alfred Hitchcock Presents” (1955 – 1962), “Gunsmoke” (1955 – 1975) e “Kojak” (1973 – 1978) entre outras. No cinema, destaque para o filme “Midway” (1976), atuando ao lado de Charlton Heston, Henry Fonda, James Coburn, Glenn Ford, Toshirô Mifune, Robert Mitchum, Robert Wagner, Pat Morita e Tom Selleck. Nele, interpretou o Capitão Miles Browning. Outro filme de sucesso de que participou foi Sérpico (1973), atuando ao lado de Al Pacino, interpretando um sisudo Inspetor McClain. O ator ainda está na ativa. Seu último filme foi “American Seagull” (2013).

NINA FOCH:

Nina Consuelo Maud Fock nasceu em Leiden, na Holanda, em 20 de Abril de 1924. Filha do compositor e maestro holandês Dirk Fock e da atriz Consuelo Flowerton, desde cedo soube que seu futuro seria ligado às artes. Pianista, pintora e escultora talentosa, escolheu a atuação como profissão principal, seguindo os passos da mãe. Em toda sua carreira foram quase 200 participações em filmes e séries, além de uma longa carreira teatral. Destaques para os filmes “A Volta do Vampiro” de 1944, interpretando a personagem Nicki Saunders ao lado de Bela Lugosi, logo em sua estréia no cinema e “Os Dez Mandamentos” (1956) com a personagem Bithiah, ao lado de Charlton Heston e Yul Brynner. Também merecem destaque suas participações em “Mistério do Oriente” (1945), “Johnny Allegro” (1949), “Um Homem e Dez Destinos” (1954), “O Meninão” (1955), “Spartacus” (1960) e “Invasão de Privacidade” (1993). Sua última aparição foi em um episódio de “Divisão Criminal” em 2007. Nina faleceu em 05 de Dezembro de 2008, em Los Angeles, por complicações devido à mielodisplasia, doença com a qual lutou nos últimos anos de vida.

ANTHONY ZERBE:

Anthony Jared Zerbe nasceu em 20 de Maio de 1936 em Long Beach, na Califórnia. Começou tarde na carreira de ator. Antes, serviu por dois anos na força aérea americana. Depois, mudou-se para Nova York para estudar teatro. Seu primeiro filme venho somente em 1968 no longa “E o bravo ficou só”, ao lado de Charlton Heston e Lee Majors. Depois sua carreira deslanchou. Participou de dezenas de filmes e séries para o cinema e tv. Entre eles “A Última Esperança da Terra” 1971, “Missão Impossível” (1967 – 1971), “Papillon” (1973), “Harry O” (1975 – 1976) – que lhe valeu um Amy, “A Hora da Zona Morta” (1983) e “Cegos, Surdos e Loucos” (1989). Quase sempre interpretando um vilão. Destaque para os trabalhos em “007 – Licença Para Matar” (1989) onde interpreta um traficante chamado Milton Krest, “Matrix – Reloaded” e “Matrix – Revolutions” (2003), interpretando o Conselheiro Hamann. O ator ainda está na ativa. Seu último trabalho foi em “Six Dance Lessons in Six Weeks” de 2014.

Fontes: aveleyman.com e imdb.com.

image

20 comentários para O MENINO QUE FALAVA COM FANTASMAS (Dual áudio) – 1978

  • Uilian  Disse:

    Filme Maravilhoso, e agora com qualidade bem melhor, parabens Don Costa, valeu

  • Don Costa  Disse:

    Obrigado Uilian. Esse é daqueles filmes que marcam a infância de qualquer um. É um absurdo o descaso das detentoras dos direitos autorais que não relançam estes filmes antigos em DVD. Mesmo se não quiserem ter custos com a produção e a distribuição, basta fazer como nos EUA. É só ter o arquivo em um servidor e disponibilizá-lo para download à um preço justo. A própria Globo já faz isso com alguns seriados. A tecnologia já existe. É só utilizar. Elas estão perdendo dinheiro à toa.
    Grande abraço.

    • Aure Fera  Disse:

      Olá.

      Parabéns, Don Costa, por seu extraordinário trabalho na sincronização do áudio e montagem desta sua versão dual de Child of Glass, sem dúvida, única na Internet.

      Em reconhecimento (e mesmo não me considerando fluente em Inglês), fiz a legenda para os diálogos faltantes. Por gentileza, copie o que segue abaixo, e cole num documento “txt” aberto pelo programa Bloco de Notas. Após salvar com a extensão “.txt”, renomeie o arquivo para a extensão “.srt”. A legenda assim já deverá ficar pronta:

      1
      00:00:06,308 –> 00:00:11,464
      O MENINO QUE FALAVA COM FANTASMAS

      2
      00:44:16,771 –> 00:44:20,500
      Ainda vai ouvir
      falar de mim, amigo!

      3
      00:44:21,811 –> 00:44:24,200
      Madame!

      4
      00:44:26,801 –> 00:44:31,900
      Vamos, Emi! – Eu… não quero nem
      saber pra onde vai esse estúpido!

      5
      00:48:44,528 –> 00:48:47,057
      Blossom!

      6
      00:48:47,058 –> 00:48:49,520
      É aquela boneca!

      7
      00:48:49,521 –> 00:48:51,757
      A boneca chinesa que ela
      estava carregando!

      8
      00:48:51,758 –> 00:48:52,950
      O que?

      9
      00:48:52,951 –> 00:48:56,207
      A boneca é a criança de louça!

      10
      00:48:56,208 –> 00:49:00,207
      “Quando for feita esta reunião
      o espírito sairá da escuridão.”

      11
      00:49:00,208 –> 00:49:05,064
      Temos que encontrar a boneca, e deixá-la
      onde a Inez repousa, naquela cripta!

      12
      00:49:05,648 –> 00:49:07,257
      Por que não vamos
      procurar no celeiro?

      13
      00:49:07,258 –> 00:49:10,700
      Já procurei lá uma vez! E não me lembro
      de ter visto nenhuma boneca! E você?

      14
      00:49:10,701 –> 00:49:12,607
      Mas antes não sabíamos
      o que procurar!

      15
      00:49:12,608 –> 00:49:16,300
      Bem, você pode ir lá, mas eu tenho
      que me arrumar para a festa da mamãe!

      16
      00:49:16,301 –> 00:49:17,457
      Alexander!

      17
      00:49:17,458 –> 00:49:20,050
      Prefere ir a uma festa a
      ajudar aquela pobre menina?

      18
      00:49:20,051 –> 00:49:23,290
      Você acha que eu me importo
      com aquela droga de festa?

      19
      00:49:23,291 –> 00:49:25,957
      Acontece que eu sou
      obrigado a fazer isso!

      20
      00:49:25,958 –> 00:49:30,164
      Se ficar de castigo, não poderei
      ajudar a achar a boneca da Inez!

      21
      00:49:31,618 –> 00:49:32,950
      Vou dizer o que fazer!

      22
      00:49:32,951 –> 00:49:35,807
      Se eu me apressar, talvez termine de
      procurar no sótão antes do anoitecer!

      23
      00:49:35,808 –> 00:49:37,907
      E você, veja se descobre
      alguma coisa por lá!

      24
      00:49:37,908 –> 00:49:40,600
      Você conseguiu, Aexander!

      25
      00:49:40,601 –> 00:49:43,907
      Eu é que vou procurar no celeiro!
      Eu é que vou ficar apavorada! Ou pior!

      26
      00:49:43,908 –> 00:49:47,107
      Ora, não há motivo para ter medo da
      Inez! Só estamos tentando ajudá-la!

      27
      00:49:47,108 –> 00:49:51,764
      É, mas eu é que vou precisar de ajuda
      se aquele capitão aparecer por lá!

      28
      01:30:00,900 –> 01:30:10,120
      Frère Jacques, Frère Jacques
      Dormez-vous? Dormez-vous?

      29
      01:30:10,121 –> 01:30:21,800
      Sonnez les matines, Sonnez les matines,
      Ding, ding, dong, Ding, ding, dong…

      • Don Costa  Disse:

        Amigo Aure Fera.
        Desculpe-me pela demora em responder, mas estive ausente o mês passado inteiro por motivos de força maior.
        Estou voltando aos poucos.
        Muito obrigado pelas legendas. Elas serão essenciais para a apreciação do filme em sua totalidade.
        São pessoas como você que fazem do Tela o melhor site de compartilhamento da internet.
        Já enviei ao pessoal do site os arquivos para a atualização da postagem, assim como a legenda separada para quem já baixou o filme.
        Novamente obrigado pelo presente.
        Abraços.

        • Aure Fera  Disse:

          Caro Don Costa, e também a todo o pessoal responsável pelo site e demais amigos aqui do TELEDECINEMA: agradeço os elogios recebidos por minha modesta contribuição à postagem desta extraordinária versão dual de Child of Glass.

          Pesquisando há alguns dias na Rede por este filme, fiquei impressionado com o número de pedidos de legenda que o mesmo continua recebendo. E tomei a decisão de terminar o trabalho iniciado com a legenda parcial já aqui publicada. Assim, com o auxílio prestimoso do áudio em Português, que em muito facilitou minha tarefa, criei também a legenda COMPLETA para o filme, aplicável ao áudio em Inglês.

          Quem porventura comparar a versão para os pequenos trechos sem dublagem do áudio em Português com esta nova versão completa, feita para o áudio em Inglês, perceberá algumas pequenas diferenças. Ocorre que, na primeira versão, tive o cuidado de respeitar os termos já assumidos na dublagem. Já na versão completa, preferi, em algumas falas, uma tradução mais literal do Inglês. Mas o importante é que o sentido em ambas tenha permanecido o mesmo.

          Portanto, fica o amigo convidado a baixá-la no OpenSubtitles, e a aproveitá-la nesta sua versão dual áudio do filme, da melhor forma que lhe convier.

          E, mais uma vez, meus cumprimentos a você, ao Bolinha, e a todo o pessoal aqui do TELADECINEMA. Graças ao trabalho de todos vocês, o filme “Child of Glass” (1978) já tem agora a sua primeira legenda completa conhecida de toda a Internet.

          Um abraço a todos.

  • JERONIMO INDIAN  Disse:

    baixei nos dois servidores e está dando senha errada. ou algum outro erro nos arquivos.

    • Wagner S.  Disse:

      Baixei aqui e consegui descompactar com a senha teladecinema,net (vírgula ao invés de ponto). O Don Costa enviou o aviso por email e já corrigi na postagem.

      • JERONIMO INDIAN  Disse:

        Amigo Wagner S., sempre baixo filmes aqui no tela e é difícil ocorrer o problema que relatei, portanto falo com certeza e o arquivo está com algum problema ou a senha está incorreta..a senha digitada é essa mesma que vc disse, e não colei. e pra ter mais certeza ainda acabei de baixar novamente e continua o msm erro. (erro de crc arquivo encriptado…senha errada?) grato pelo retorno, mas ou a última parte está com problemas ou a senha está incorreta msm

        • Wagner S.  Disse:

          Tudo bem Jeronimo, se não descompactar peço que tente como alternativa a senha do site (teladecinema.net).

          Se mesmo assim o erro continuar pode avisar aqui.

      • JERONIMO INDIAN  Disse:

        agora sim Wagner, verifiquei que vc adicionou a vírgula no lugar do ponto..agora foi. pque do modo tradicional não ia de jeito nenhum..wlw amigo. abração.

        • Wagner S.  Disse:

          Valeu Jeronimo, boa sessão aí prá você marujo, abraço!

          • JERONIMO INDIAN  Disse:

            aproveito pra agradecer e elogiar o excelente trabalho que fazem com expontaneadade, demais, amigo..suas postagens e de outros amigos aqui….e parabenizar-lhes, esse trabalh entr outros ficou demais, raro, e não só por isso o cuidado que teve o amigo Aure Fera, legendando com pleno talento e o Amigo Don Costa Rmz e upando essa obra fantástica, e volto a lhe elogiar Wagner, por tantos pedidos ou cuidados atendendo sempre atento, inclusive no novo post dos filmes que tentamos lebrar…wlw msm irmão.Quero colaborar tbém, Informo que a poucos dias comprei o Dvd de um remake do Homem de Palha 1973 : O Sacrifício com o Nicholas Cage, não se acha na net, alguém disse que estava procurando, vou upar e mandar o link.por falar nisso pra onde envio meu irmão?

            • Wagner S.  Disse:

              Oi Jeronimo, você vê que prá isso teve a cooperação de vários marujos e esse é um dos ingredientes que faz essa grande nau que é o tela de cinema. Por isso divido o elogio com o Capitão Sparrow, o EdFilmes, o Marcos F. e todos que fazem parte dessa família e cooperam com o tela de alguma forma. Sozinhos não conseguiríamos fazer nada.
              Sobre o filme, teremos o maior prazer em realizar sua postagem. Depois de upar você pode enviar os links, as screens e as informações do filme através do formulário de contato. Lá você também pode tirar suas dúvidas e no caso de alguma informação em falta retornaremos prá você.
              Grande abraço!

  • Lusik BR  Disse:

    Parabéns !! Uma raridade!!!

  • LUIS ALEX  Disse:

    A MUITO PROCURAVA ESSE FILME O ASSISTI NA GLOBO EM INFANÇIA .MUITO OBRIGADO GRATO UMA VERDADEIRA RARIDADE.

  • Deisi Souza  Disse:

    Olá
    Obrigada, vou assistir com minha netinha.
    Não lembro de ter assistido antes.Estou curiosa para assistir.

  • CIRRANOT  Disse:

    Infelizmente todos os links aparecem como arquivos deletados. Poderiam, por favor, reupa-los? Obrigado e parabéns pelo trabalho. Abraço!

  • farra4ever  Disse:

    Obrigado.

  • highlander  Disse:

    Só descobri que esse era um dos filmes que procurava agora por acaso, obrigado pelo primoroso trabalho. Parabéns Don Costa e à todos envolvidos nesse projeto!!!

    • Don Costa  Disse:

      Olá highlander!
      Filmes feitos para tv não são tão badalados quanto aqueles feitos para o cinema, sendo facilmente esquecidos pelo grande público.
      Mas é para isso que servem sites como o Tela de Cinema. Entre outras coisas, resgatar estas belas obras que ficaram perdidas ao longo do tempo, escanteadas pelas emissoras de tv que já não tinham mais interesse em exibi-las. Aqui no Tela toda obra tem seu valor, e é um prazer para nós compartilhá-las com os fãs de cada uma delas.
      Muito obrigado pelo comentário.
      Forte abraço.

Deixe uma resposta