MESTRES DO UNIVERSO (1080p/Tri Áudio) – 1987

“Masters of the Universe” (EUA) – 1987
AÇÃO – AVENTURA – FANTASIA
DIREÇÃO: Gary Goddard
IMDB 5,3 http://www.imdb.com/title/tt0093507/

Image

1080p – BRRip – RMZ – TRI AUDIO – NOVO LINK

Postado por Pirataria Joe

Image

Formato: MKV
Qualidade: BRrip 1080p (1920×1080)
Tamanho: 1,57 GB
Duração: 1H 45M
Legendas (SELECIONÁVEL): Português
Áudios (SELECIONÁVEL):
1o Português (D. Clássica)
2o Português (Redublagem)
3o Inglês
Servidor: Toutbox (dividido em 3 partes)
Uploader: Pirataria Joe

Image

AGUARDANDO ATUALIZAÇÃO: SEM PREVISÃO.

Image

Esqueleto (Frank Langella) conseguiu invadir o castelo Grayskull e fez a Feiticeira (Christina Pickles) como sua prisioneira. Sua intenção é drenar sua força de forma a obter os poderes de Grayskull. He-Man (Dolph Lundgren), o homem mais forte do universo, e seus amigos Duncan (Jon Cypher), Teela (Chelsea Field) e Gwildor (Billy Barty) acidentalmente foram enviados à Terra pela chave cósmica, uma invenção de Gwildor que permite a abertura de portais entre quaisquer pontos da galáxia. Desejando ter em mãos este objeto, que o ajudará a conquistar o universo, Esqueleto resolve vir à Terra para encontrá-lo. Só que a chave cósmica agora está com Julie Winston (Courteney Cox) e seu namorado Kevin (Robert Duncan McNeill), que não sabem que a Terra está prestes a se tornar palco de uma batalha cósmica.

Image

* Dolph Lundgren (He-Man)
* Frank Langella (Esqueleto)
* Courteney Cox (Julie Winston)
* Meg Foster (Evil-Lyn)
* Billy Barty (Gwildor)
* Robert Duncan McNeill (Kevin Corrigan)
* Jon Cypher (Duncan)
* Chelsea Field (Teela)
* James Tolkan (Detetive Lubic)
* Christina Pickles (Feiticeira do castelo de Grayskull)

Image

Image

– Baseado na série de animação “He-Man e os Mestres do Universo”, exibida entre 1983 e 1985;

– Inicialmente Mestres do Universo seria produzido por Edward R. Pressman, que o repassou ao Cannon Group por ser o único estúdio disposto a realizá-lo;

– O Cannon Group pretendia fazer um filme com o Homem-Aranha, mas optou por rodar antes Mestres do Universo e Superman IV – Em Busca da Paz (1987). A intenção era faturar alto com ambos, de forma que Homem-Aranha tivesse um alto orçamento disponível. Entretanto, ambos foram mal nas bilheterias e o filme com o herói aracnídeo jamais foi feito pelo Cannon Group;

– A ideia inicial era que o filme se passasse em Eternia, planeta onde vive He-Man. A opção por situá-lo na Terra teve a ver com os custos envolvidos, já que desta forma seriam necessários menos sets e personagens alienígenas, que precisariam ser criados;

– O personagem He-Man foi oferecido a Sylvester Stallone;

– Sarah Douglas chegou a ser contactada para que interpretasse a personagem Evil-Lyn. A ideia era aproveitar o sucesso que fazia no momento, graças a Superman (1978), Superman II (1980) e Conan, o Destruidor (1984). Entretanto, ela não se interessou pelo papel;

– O diretor Gary Goddard tentou convencer os produtores de que Matthew Modine seria perfeito para interpretar He-Man, após vê-lo em Em Busca da Vitória (1985). Entretanto, eles preferiram apostar em Dolph Lundgren devido à popularidade alcançada com Rocky IV (1985);

– Dolph Lundgren foi o primeiro ator a ser contratado, enquanto que Frank Langella foi o último;

– As filmagens ocorreram entre 11 de agosto e novembro de 1986;

– Dolph Lundgren dispensou o uso de dublês ao rodar suas cenas;

– O diretor Gary Goddard e Dolph Lundgren fizeram algumas modificações no roteiro, de forma a ter mais sequências de ação e aumentar a participação de He-Man na história;

– Inicialmente a personagem Teela teria uma apresentação diferente no filme. Ela surgiria como prisioneira na Montanha da Serpente, de onde escaparia e lideraria a resistência contra Esqueleto. A cena jamais foi rodada, mas está presente em novelizações e mencionada no filme;

– Boa parte do filme, incluindo a batalha na loja de música e as cenas dos vilões marchando em triunfo na rua, foi rodada em Whittier, na California;

– A maioria dos prédios vistos nos subúrbios não existe mais. Eles foram destruídos devido a terremotos ocorridos na década de 90;

– Os dentes protéticos do personagem Besta eram tão grandes que seu intérprete, Tony Carroll, não conseguia fechar a boca quando os usava;

– As lentes de contato usadas por Pons Maar eram bastante dolorosas e diminuíam consideravelmente sua visão. Durante as cenas de ação, devido à iluminação, teve que interpretar estando praticamente cego;

– A atriz Christina Pickles, intérprete da Feiticeira, foi a mãe de Courteney Cox na série de TV “Friends”;

– O personagem Gwildor foi criado para substituir Orko, presente na série de animação na qual o filme foi baseado;

– O diretor Gary Goddard queria contratar Jack Kirby, famoso por seu trabalho nos quadrinhos, como artista conceitual de Mestres do Universo, mas o Cannon Group vetou a ideia. Posteriormente, Goddard admitiu que se inspirou nos Novos Deuses, criados por Kirby para a DC Comics, ao realizar o filme;

– O cenógrafo William Stout criou o interior do castelo de Grayskull de forma que combinasse elementos do bem e do mal;

– A Montanha da Serpente também seria vista em Mestres do Universo, mas foi cortada do filme para que o orçamento não estourasse ainda mais;

– As maquetes em miniaturas de Blade Runner, o Caçador de Andróides (1982) e Os Caça-fantasmas (1984) foram usadas para rodar algumas cenas;

– A Mattel, fabricante dos brinquedos baseados em He-Man, realizou um concurso nacional onde o ganhador tinha direito a um papel em Mestres do Universo. Entretanto, como o filme já estava com orçamento estourado e cronograma apertado, o diretor Gary Goddard colocou o vencedor, Richard Szponder, em uma cena já prevista no roteiro. Ele é creditado como Pigboy e aparece dando a mão a Esqueleto quando ele retorna à Terra;

– Devido a problemas financeiros, o Cannon Cinema resolveu interromper as filmagens restando apenas três dias para o término do cronograma previsto. A situação gerou um grande problema, já que o clímax do filme e a resolução da batalha entre He-Man e Esqueleto ainda estavam incompletas. Dois meses depois, os executivos do estúdio autorizaram o diretor Gary Goddard a rodar as cenas restantes, a toque de caixa;

– Após os créditos finais é possível ver uma cena onde a cabeça de Esqueleto sai do lago e ele diz “I’ll be back” (traduzindo, “eu voltarei”). O roteiro para uma possível sequência chegou a ser escrito, mas posteriormente foi modificado de forma a se tornar Cyborg – O Dragão do Futuro (1989);

– A Mattel lançou poucos bonecos baseados no filme e também uma minisérie em quadrinhos chamada “The Cosmic Key”;

– No Festival de Cannes de 1987 o produtor Menahem Golan anunciou que Dolph Lundgren tinha assinado um contrato para reprisar He-Man em mais dois filmes. Entretanto, o ator recusou a oferta e ainda declarou, em entrevista dada à Comics Magazine em 1989, que interpretar He-Man foi seu “ponto mais baixo como ator”;

– Já Frank Langella declarou que Esqueleto foi um dos personagens que mais gostou de interpretar. Ele aceitou o papel devido ao filho, que ficava o tempo todo gritando “pelos poderes de Grayskull” em casa;

– O diretor Albert Pyun chegou a trabalhar em uma sequência para o filme, na qual o surfista Laird John Hamilton assumiria o personagem He-Man. A ideia era rodá-lo simultaneamente com Homem-Aranha, de forma a diminuir os custos. O elenco dos dois filmes foi contratado, os sets foram construídos e o figurino foi encomendado. O orçamento disponível para Masters of the Universe 2 seria de US$ 4,5 milhões e a Mattel já tinha autorizado o uso de alguns personagens. Entretanto, pouco antes do início das filmagens, os dois filmes foram cancelados. O motivo foi o não pagamento dos direitos de propriedade para a Mattel e a Marvel,detentoras dos personagens. Pouco tempo depois, o Cannon Group entrou em falência;

– Este não é o primeiro filme com He-Man. O personagem já havia aparecido antes em The Secret of the Sword (1985), feito em animação;

– Seu orçamento inicial era de US$ 17 milhões, mas o filme terminou custando US$ 22 milhões. Foi o filme mais caro produzido pelo Cannon Group.

Image

20 comentários para MESTRES DO UNIVERSO (1080p/Tri Áudio) – 1987

Deixe uma resposta