KARATÊ KID: A HORA DA VERDADE (DUAL-TRI ÁUDIO / 1080P / 2160P) – 1984

THE KARATE KID – 1984
EUA
AÇÃO – DRAMA – FAMÍLIA
DIREÇÃO: John G. Avildsen
ROTEIRO: Robert Mark Kamen
IMDb: 7,2 https://www.imdb.com/title/tt0087538/

UHD 4K – BRRIP 1080P + EXTRAS E TRILHAS SONORAS

Postado por Perene

Formato: MKV (Filme / Extras), FLAC (Trilhas sonoras)
Qualidade: BRRip 1080p (1920 x 1040),  UHD 4K (3840 x 2160)
Tamanho: 64.1 GB (4K), 1.87 GB (1080p), 3.62 GB (Extras do 4K), 953 MB (Trilhas sonoras)
Duração: 126 min. (Filme)
Legendas (SELECIONÁVEIS): Português, Inglês
Áudios do 4K (SELECIONÁVEIS): Português (D. Clássica + Redublagem), Inglês
Áudios do 1080p (SELECIONÁVEIS): Português (D. Clássica), Inglês
Servidor: Mega (Parte única)
Uploader: Perene

NOTAS DO UPLOADER:
– Estou disponibilizando o primeiro Karate Kid sem perda de qualidade na imagem/audio, pois foi ripado diretamente do disco original da edição de 35 anos (nesse caso o nome da mídia é “Ultra-HD-Blu-ray”, ou 4K/2160p), com ajuda do MakeMKV e MKVToolnix, que não alteram nada durante a conversão (apenas movem o conteúdo disponível do disco para arquivos Matroska). Logo o arquivo está 100% igual.

– O tamanho de 64 GB para a versão 4K não está errado: a mídia do UHD-BD tanto pode ter 66 como 100 GB, e a maior parte disso (geralmente uns 70%) é gasto com o filme (e o restante com o material extra). Para 1080p (Blu-ray normal) os discos podem ser de 25 ou 50 GB, ou seja, metade do tamanho (sem perdas geralmente só o filme tem uns 30 GB). Em comparação um DVD (resolução 480p) original pode ter na mídia de 4 a 8 GB. Sendo assim todos os rips bem menores que encontramos na internet possuem perda de qualidade tanto na imagem como nas faixas de áudio.

– Eu não tenho um rip do 4K em tamanho reduzido, apenas essa versão sem perdas (em inglês: lossless). Para facilitar o download do 4K eu recomendo o uso do programa JDownloader, que pode inclusive resumir o download automaticamente mais tarde, caso ele seja interrompido. Mas antes disso é aconselhável criar uma conta (gratuita) no site do Megaupload, e depois inserir o login e senha nas opções internas do JDownloader (em “Gerenciador de contas”), para diminuir mais ainda eventual limitação de tráfego. Não recomendo de forma alguma o uso de navegadores.

– Eu enviei os extras que vieram com esse UHD, para uma pasta do Mega. Todos eles também não tem perda de qualidade. São os seguintes: “”Remembering The Karate Kid”, com os atores Ralph Macchio, Billy Zabka e Martin Kove, de 10 minutos, com legendas em português/inglês; o trailer de cinema (no disco original veio sem qualquer legenda, em nenhum idioma), e por fim um preview do seriado Cobra Kai, de 2018.

– O UHD/4K só possui a redublagem em português (e o Blu-ray normal em 1080p está da mesma forma, se alguém quiser checar). O DVD brasileiro (lançado antes dos dois) é o único lançamento oficial que tem a dublagem clássica. Eu obtive esse áudio da clássica (até onde sei também sem perda de qualidade) e sincronizei no UHD, descontando 9750 ms (9 segundos e 750 negativos, portanto) no programa MKVToolnix.

– O UHD/4K já veio com legendas em português (de cor branca, como as demais), mas eu adicionei aquelas do DVD brasileiro, amareladas. Igualmente pra sincronizar repeti o delay negativo da dublagem.

– Em outro link é possível baixar uma versão com perda de qualidade do filme, na resolução 1080p, com tamanho reduzido para 1.87 GB. Esse arquivo não contém a redublagem – apenas a dublagem clássica.

– As trilhas sonoras dos 4 primeiros filmes estão em formato FLAC, ou seja, 100% idênticas aos CDs originais, igualmente sem qualquer perda de qualidade (por isso os arquivos são maiores). Os scans desse álbum acompanham os FLACs.

ARQUIVOS – QUALIDADE 4K
PASTA 1: KARATÊ KID: A HORA DA VERDADE
PASTA 2: KARATÊ KID: A HORA DA VERDADE

 
VERSÃO 1080P
FILME: KARATÊ KID: A HORA DA VERDADE
 
EXTRAS DO 4K
PASTA COM OS ARQUIVOS: KARATÊ KID: A HORA DA VERDADE
 
TRILHAS SONORAS
ARQUIVO: KARATÊ KID: A HORA DA VERDADE

O adolescente Daniel se envolve com a ex-namorada de um mau caráter na escola e passa a ser atormentado por sua gangue. Para sua sorte, ele contará com os ensinamentos de um mestre de karatê, o senhor Miyagi, que o prepara para autodefesa e também para um importante campeonato.

Ralph Macchio – Daniel
Pat Morita – Miyagi (as Noriyuki ‘Pat’ Morita)
Elisabeth Shue – Ali
Martin Kove – Kreese

9 comentários para KARATÊ KID: A HORA DA VERDADE (DUAL-TRI ÁUDIO / 1080P / 2160P) – 1984

  • ameneses_ssa  DISSE:

    Bom Dia,
    Assistir no cinema os tres primeiros. Lembro que sair imitando Daniel-San
    Muito nostalgico.

  • Perene  DISSE:

    Pessoal, eu cheguei a recomendar o uso do programa Jdownloader para baixar do Megaupload, porém mesmo sendo excelente ele está com problemas para baixar do MEGA quando o arquivo é grande. Fica dando erro de “conta faltando”, parece que é um bug. Sendo assim tentem outro programa, como o MEGASync, pesquisem no Google por ele. Até onde sei usuários gratuitos baixam 1.5 GB a cada 5 horas. Mas o MEGASYNC é capaz de resumir os downloads automaticamente, quando o limite estoura ele inicia um contador para essas 5 horas, e dá pra retomar mesmo fechando tudo e desligando o computador (mesmo ao fazer isso o contador calculará corretamente o tempo decorrido). Desconheço meios de burlar essa limitação. Outra dica que dou é criar uma conta gratuita no MEGA, pois assim a limitação é menor.

    • MatheusCallou  DISSE:

      Primeiramente, obg Perene por esse grande filme.
      Segundamente,tem um meio para burlar.Baixando o MEGA LINK DOWNLOADER + Ultrasurf(atualizado).Quando der limite excedido no M.L.DOWNLOADER,você pausa seu download, depois abrir o Ultrasurf,espera abrir a página no navegador,despause o download,depois que a velocidade dele aumentar,pode fechar o ultrasurf e a página do navegador.

      Espero ter ajudado.
      Abraço!

      • Perene  DISSE:

        Ah eu já testei esse programa! Boa dica que uma vez me passaram aqui, e chegou a funcionar por ele, sim, pra burlar o limite do Mega. Ontem eu tentei baixar O MENTIROSO (um arquivo de 2 GB) e pelo JDownloader falhou, deu erro de “conta faltando” (parece que eles ainda estão tentando arrumar esse bug). No caso de Karate Kid (esse 4K de 64 GB) se for pra ser visto pelo PC é recomendável usar o madVR nas opções de “Saída” do Media Player Classic, do contrário vai ficar quase sem cores. Eu não tenho $$$$ pra ter equipamento em resolução 4K, mas mesmo no meu velho monitor 1080p acho as imagens 4K ótimas. O extra “Remembering” é recente e o tamanho dele é de 3 GB pra apenas 10 minutos porque também está em 4K.

        Com relação as dublagens a número 2 é da Dublavídeo, e tem como mídias: Blu-ray/4K/TV Paga/ Televisão/ Netflix, e vozes tipo Ralph Macchio (Daniel Larusso): Thiago Keplmair, Pat Morita (Miyagi): Luiz Carlos de Moraes, Elisabeth Shue (Ali Mills): Fernanda Bullara. Já a clássica vocês já sabem que é da Herbert Richers e tem Cleonir dos Santos e Magalhães Graça, além da Marisa Leal para a namorada do Daniel.

  • Perene  DISSE:

    No InfanTV tem um texto interessante sobre essas dublagens, segue abaixo:

    Em 1987, quando o segundo filme ainda circulava em algumas salas de cinema no Brasil, a Herbert Richers concentrava um elenco de dublagem em torno da adaptação do primeiro filme para português, sob encomenda da Globo que tinha pretensões de exibi-lo ainda naquele ano.

    Quando o veterano em dublagem Magalhães Graça recebeu o papel do Sr Miyagi e o quarentão Cleonir dos Santos teve a incumbência de dar voz ao garotinho Daniel Larusso, jamais imaginariam que estavam fazendo os papeis mais expressivos de suas carreiras. Ambos foram divinamente escalados pela diretora Ângela Bonatti. Graça fazendo anciões já era corriqueiro, mas a partir dali qualquer velhinho nipônico dublado na Herbert Richers passou a ter nome certo para interpretá-lo; Cleonir também era expert e dublar jovenzinhos e nem precisa de muito falsete pra isso.

    Curiosamente dos três filmes lançados em que Ralph faz Larusso, Cleonir dos Santos dublou em apenas dois; enquanto nos quatro filmes onde “Pat” Morita interpreta o Sr Miyagi também só em dois trabalhos Magalhães Graça emprestou sua voz ao ator, pois faleceu em janeiro de 1989, ano de lançamento do terceiro filme.

    Todo o elenco de dubladores coadjuvantes funciona muito bem, com Marcos Miranda fazendo de forma exemplar o rude John Kreese e Mário Jorge como Johnny Lawrence é tão convincente e malandro que chega a aborrecer. O tradutor Domingos S. Júnior adaptou com eficácia os diálogos às jovens gírias dos anos 80 que circulavam por aqui. O resultado foi espetacular!

    O filme estreou na Rede Globo no dia 24 de agosto de 1987, num domingo, às 16h25 e desde então temos um sucesso da televisão reprisado até hoje com uma dublagem que não envelhece. O trabalho da Herbert Richers já foi lançado em DVD e foi exibido também na TV fechada.

    Recentemente para Blu-Ray o filme foi redublado pelo estúdio Dublavideo. A diretora Bonatti afirma que não havia necessidade disso, que a distribuidora deveria ter mantido o trabalho original dos dubladores e criadores dos personagens em português, pois havia a possibilidade de remasterização. Ela compara: “imagine se na atualidade, as grandes obras de pintores, escultores, entre outros, fossem refeitas e o trabalho original de tantos filmes inesquecíveis fosse refilmado. Não consigo imaginar essa barbaridade! Seria como se nós fôssemos apagando a história”.

  • Nanico  DISSE:

    Este filme possui duas dublagens (Herbert Richers) na primeira se chama “A Hora da Verdade” com locução de Ricardo Mariano e na segunda parece se chamar “Karate Kid”.

  • tatubola1  DISSE:

    Obrigado.

  • Juliano ken  DISSE:

    Na verdade, quem dubla o Ralph Macchio no Karatê Kid 3 é o Danton Mello,irmão do Selton Mello. Apesar das vozes parecidas, é o Danton quem dubla não o Selton. Danton Mello também dublou o Ralph nos filmes A Encruzilhada (1986) e Meu Primo Vinny (1992). Vale lembrar também que o Danton Mello dublou o Leonardo Di Capprio no filme Titanic

  • Mopho Digital  DISSE:

    Obrigado pelo belo trabalho! FIlmão dos bons! Banzaaaiii!!

PARTICIPE DA DISCUSSÃO, MAS ANTES DE COMENTAR CLIQUE AQUI E LEIA NOSSAS REGRAS DE COMENTÁRIOS. Saiba que todos os comentários são moderados, nós nos reservamos o direto de publicá-los ou não. É proibido divulgar endereço de sites, blogs, fóruns que não sejam de parceiros ou de colaboradores do Tela de Cinema. Nós não permitimos a publicação de links de arquivos nos comentários, para colaborar acesse o menu do blog e procure pela opção COLABORE CONOSCO, ou clique aqui. Nós não recomendamos a divulgação de emails nos comentários, faça isso por sua conta e próprio risco.