«

»

fev 05

IMITAÇÃO DA VIDA (Dual-áudio/1080p) – 1959

IMITATION OF LIFE – 1959
DRAMA
EUA
DIREÇÃO: Douglas Sirk
ROTEIRO: Eleanore Griffin, Allan Scott
IMDb: 7,9
http://www.imdb.com/title/tt0052918/

DUBLAGEM CLÁSSICA – BKS – DUAL ÁUDIO – 1080p

Postado por Any Sousa

 


Formato: MKV
Qualidade: BRRip 1080p
Tamanho: 2,48 GB
Duração: 125 min.
Legendas: Português (Selecionável)
Áudio: Português (dublagem clássica BKS) e Inglês
Servidor: 4Shared (6 partes)
Uploader: Any Sousa

COMO BAIXAR PELO 4SHARED: CLIQUE AQUI


FILME: IMITAÇÃO DA VIDA

O ano é 1947 e Lora Meredith (Lana Turner) é uma aspirante a atriz, viúva, que mora com sua sua única filha, Susie (Sandra Dee), e vive ignorando-a, enquanto busca construir uma carreira. Quando ela conhece Annie Johnson (Juanita Moore), uma afrodescendente também viúva e mãe solteira, convida-a a trabalhar na sua casa e criar as filhas das duas juntas. No momento em que Annie e sua filha Sarah Jane (Susan Kohner) se mudam para a casa de Lora, a menina passa a renegar as suas origens: por ter a pele bem mais clara que sua mãe, ela se declara branca para todos. Já Susie se sente rejeitada pela mãe e acaba encontrando conforto nos braços de um homem mais velho (John Gavin).






8 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. renato

    Só filmaço ! Essa sessão sera pura maravilha ! Nessa época existia estorias interessantes e envolventes … Que bom poder ver essas obras graças a sua generosidade Any …Obrigado por mais esse post fantástico !

  2. renato

    Dizem que a cena final é de cortar coração … Ansioso para vê-lo .

  3. dantweet

    EXCELENTE! Fico mto feliz por terem repostado. Eu estava esperando faz tempo.

  4. dantweet

    Aproveitando, a dublagem é BKS. Se quiserem por na descrição.

  5. Hector Mayer

    Pessoal, está faltando a Sinopse do filme na descrição. Abraços e obrigado, Any, por compartilhar.

    1. MARCOS F.

      Hector Mayer, valeuu pelo aviso, abração!

  6. JMAbreu

    Diria do filme muito sucintamente isto: Todo o enredo, Lana Turner, Juanita More, não descurando os outros atores, a banda sonora, a trama da história. Reconheço que é de ficar “absurdamente” estonteante a parte final…
    De Douglas Sirk o realizador, há um leque de filmes bem marcantes na história do cinema, por isso seria bom que a teladecinema, tivesse a lembrança de outros filmes deste realizador. Cinema melodramático, que vai para além do drama. ****/*. Parabéns por postar esta obra de uma autenticidade como se faz cinema e de histórias que nos fazem pensar e repensar, pelo menos nos valores da vida e do seu altruísmo…

  7. farra4ever

    Obrigado.

Deixe uma resposta