CRIME FERPEITO (Dublado) – 2004

CRIMEN FERPECTO – 2004
COMÉDIA – CRIME – HUMOR NEGRO
DIREÇÃO: Álex de la Iglesia
ROTEIRO: Álex de la Iglesia,Jorge Guerricaechevarria
IMDb: 7,7 http://www.imdb.com/title/tt0395125/

DUBLADO

Postado por Xaverico

Formato: MKV
Qualidade: DVDRip (720 x 308)
Tamanho: 1,16 GB
Duração: 106 min.
Legenda: S/L
Áudio: Português
Servidor: Mega (Parte única)
Encoder e Uploader: Xaverico

LINK CRIME FERPEITO

 

Rafael Gonzalez (Guillermo Toledo) é um homem chique, que trabalha como vendedor de uma sofisticada loja de departamentos. Rafael sonha em ser promovido para o cargo de gerente da loja, mas perde a disputa para Don Antonio (Luis Varela). Sentindo-se ameaçado, ele discute com Don Antonio e acidentalmente provoca sua morte. A situação é presenciada por Lourdes (Mónica Cervera), uma vendedora obsessiva que passa a chantagear Rafael. Nervoso, Rafael busca agora um meio de se livrar de Lourdes de uma vez por todas e para tanto tenta planejar um crime perfeito.

Crime Ferpeito | Crítica

Desde que o cineasta Pedro Almodóvar resolveu fazer filmes para disputar o Oscar, o cinema espanhol perdeu sua figura de maior representatividade em termos de uma linguagem cinematográfica marcada pela inovação. Existem vários outros diretores talentosos no país ibérico, mas ninguém preenchia o espaço deixado pelo diretor de Ata-me! (1990), Carne trêmula (1997) e Tudo sobre minha mãe (1999). Álex de la Iglesia já pode ser apontado como este sucessor. A cada novo filme, percebemos que sua apurada técnica e seu estilo criativo vêm sendo esculpidos como um artista burila um mármore. Suas primeiras produções, Ação mutante (1993), O dia da besta (1995) e Perdita Durango (1997), eram mostras de um cinema puro, feito na raça e voltado para um mercado mais restrito. Porém, desde A comunidade (2000) reparamos sua vontade de dialogar com o público, mas sem se vender ou perder a sua assinatura.

Em seu novo filme, Crime Ferpeito (2005), Álex mostra a história de Rafael, um vendedor nato, seguro de si, que faz sucesso com as mulheres e consegue vender qualquer coisa para qualquer um. Após perder a chance de uma promoção por causa de um cheque sem fundos, Rafael acidentalmente mata Don Antonio, seu concorrente diretor ao posto. Lourdes, a feiosa da loja, assiste ao fato e resolve ajudá-lo. Só que sua intenção é ter Rafael como amante, então começa a chantageá-lo. A situação fica insustentável e ele se vê em “um mato sem cachorro”. Agora, para livrar-se dela, ele precisa cometer um crime perfeito.

Iglesia e o co-roteirista Jorge Guerricaechevarría brindam o público com uma história de humor negro, mas recheada de crítica social. A trama acontece quase toda num shopping. A intenção dos dois foi mostrar como a Espanha tem abandonado suas tradições com intuito de copiar os países mais desenvolvidos. Costumes como se divertir nas ruas com um bom papo regado a vinho, têm sido substituídos por um consumismo desenfreado. Ao mesmo tempo, o filme também se aprofunda na relação que o amor tem com o sucesso e a beleza, mostrando as conseqüências dos excessos da sociedade atual.

A câmera de Iglesia é enxuta e ousada. Ela serve a história com um ritmo veloz, mas ao mesmo tempo constrói uma idéia de claustrofobia. O mesmo shopping que simboliza para Rafael um mundo perfeito de sexo e dinheiro fácil, acaba se tornando a sua própria prisão. De predador, ele se transforma em presa. E tudo isso só foi possível com a ótima atuação de Guillermo Toledo. Mesmo não sendo um padrão de beleza, ele consegue convencer o público com um magnetismo quase que animal. Mónica Cervera, que faz Lourdes, é uma rival à altura. E o resto do elenco cumpre seus papéis com bastante competência.

Tudo funciona no filme de Iglesia. Figurino, edição e trilha sonora sublinham com extrema precisão os momentos de suspense intercalados com uma sátira voraz ao comportamento humano. Cenários e roupas coloridas lembram os primeiros filmes de Pedro Almodóvar. Estilisticamente, o drama psicológico de uma paixão avassaladora nos remete a obras de Buñuel e Hitchcock. A comédia de costumes irônica e crítica de Billy Wilder também se faz presente. Até a estética do filme noir surge em alguns momentos. Notamos todas essas influências, mas alinhavadas com uma originalidade espantosa. Com certeza Iglesia será tentado muito em breve pelos grandes estúdios a fazer filmes em busca de bilheterias fartas e premiações. É rezar que ele não cometa o mesmo erro que Almodóvar.
Fonte da crítica:omelete.uol.com.br


Guillermo Toledo … Rafael González
Mónica Cervera … Lourdes
Luis Varela … Don Antonio Fraguas
Enrique Villén … Comisario Campoy


# país: Espanha Itália
# duração original: 105 min
# estúdio: Sogecine
# distribuidora: Warner Sogefilms S.A.

9 comentários para CRIME FERPEITO (Dublado) – 2004

  • SERAFIM.WILLBEND  Disse:

    GRATO MARUJO EU CURTO COMÉDIA ITALIANA.

  • ANTOLU  Disse:

    Muito boa essa comédia espanhola,valeu.

    • SERAFIM.WILLBEND  Disse:

      só espanhola? veja no titulo>>>>>>>>>>>>>> Postado em 12 de março de 2016 por Edfilmes Publicado em # Comédia, # Crime, # Humor Negro, > Dublados, >>>>>>>>>>>>> grato marujo.

    • SERAFIM.WILLBEND  Disse:

      ESPANHOLA SÓ VEJA ACIMA #comédia#crime#humor#negro>dubladosEspanha>”ITALIA”>FILMES 2004, GRATO MARUJO.

    • SERAFIM.WILLBEND  Disse:

      NO SITE INTERFILMES:
      Título no Brasil Crime Perfeito
      Título Original Crimen ferpecto
      Ano Lançamento 2004
      Gênero Comédia / Policial / Suspense
      País de Origem Espanha / Itália
      Duração 105 minutos
      Direção Álex de la Iglesia
      Estreia no Brasil 28/04/2006

  • Scarface  Disse:

    Uma sátira hilária e genial do Mestre Iglesia!

    Valeu Xaverico!

  • WernerWerkentinn  Disse:

    Esse nunca ouvi falar, mas me parece ser bem divertido, Baixando…

    Obrigado Xaverico !!

  • farra4ever  Disse:

    Obrigado.

  • xaverico  Disse:

    Obrigado pelos comentários galera.

Deixe uma resposta