COMA (Dual Áudio) – 1978

COMA – 1978
DRAMA – HORROR – MISTÉRIO
DIREÇÃO: Michael Crichton
ROTEIRO: Michael Crichton, Robin Cook
IMDb: 6,9 http://www.imdb.com/title/tt0077355/

RMZ BRRIP 1080P – DUAL ÁUDIO – DUBLAGEM CLÁSSICA TELECINE + VERSÃO 720P + DVD-R AUTORADO + TRILHA SONORA

Postado por Edfilmes

VERSÃO 1080P

Formato: MKV
Qualidade: BRRip 1080p (16:9), AVC, 8000 kbps, 23.976 FPS
Tamanho: 6,61 GB
Duração: 112 min.
Legenda 01: Português
Legenda 02: Inglês
Áudio 01: Português (Telecine – AC-3, 192 kbps, 48.0 KHz, 16 bits, 2 ch)
Áudio 02: Inglês (AC-3, 192 kbps, 48.0 KHz, 16 bits, 1 ch)
Servidor: Mega (Pasta com 14 partes)
Remasterizador, Encoder e Uploader: Edfilmes

VERSÃO 720P

Formato: MKV
Qualidade: BRRip 720p (16:9), AVC, 2500 kbps, 23.976 FPS
Tamanho: 2,27 GB
Duração: 112 min.
Legenda 01: Português
Legenda 02: Inglês
Áudio 01: Português (Telecine – AC-3, 192 kbps, 48.0 KHz, 16 bits, 2 ch)
Áudio 02: Inglês (AC-3, 192 kbps, 48.0 KHz, 16 bits, 1 ch)
Servidor: Mega (Pasta com 05 partes)
Remasterizador, Encoder e Uploader: Edfilmes

VERSÃO DVD

Formato: Pasta VIDEO_TS – RAR
Qualidade: DVD-R Autorado (720 x 576), PAL-M, 4684 kbps, 23.976 FPS
Tamanho: 4,15 GB
Duração: 112 min.
Legenda 01: Português
Legenda 02: Inglês
Áudio 01: Português (Telecine – AC-3, 192 kbps, 48.0 KHz, 16 bits, 2 ch)
Áudio 02: Inglês (AC-3, 192 kbps, 48.0 KHz, 16 bits, 1 ch)
Servidor: Mega (Pasta com 09partes)
Remasterizador, Autoração e Uploader: Edfilmes

TRILHA SONORA

Lançamento: 2005
Formato: MP3
Qualidade: 320 kbps
Tamanho: 120 MB
Duração: 51 min.
Servidor: Uploaded (Parte única)
Uploader: Ash J. Williams

COMA SOUNDTRACK (BY JERRY GOLDSMITH)

1. Disco Strut (02:39)
2. Disco Love Theme (Love Theme From Coma) [Disco Version] (04:31)
3. Theme From ‘The Prize’ (01:41)
4. Stranger On The Street (00:56)
5. Cape Cod Weekend (Love Theme From Coma) (02:38)
6. The Institute (Jefferson Institute) _ No Interview (02:28)
7. Hot Wire (02:09)
8. Toys In The Attic (O.R. 8) (05:36)
9. The Charts _ Chance Encounter _ The Lecture Hall (04:45)
10. Study In Anatomy (03:15)
11. No Address _ After Hours _ Up For Bids _ Illegal Parking (05:33)
12. A Lack of Efficiency _ A Free Ride (02:59)
13. A Difficult Position _ The Long View (03:46)
14. A Lucky Patient _ A Nice Case (05:49)
15. Sunday’s Moon (02:35)

PASTA DA VERSÃO 1080P COMA
PASTA DA VERSÃO 720P COMA
PASTA DA VERSÃO DVD COMA
TRILHA SONORA COMA

 

SENHA: TELADECINEMA&EDFILMES  (TUDO MAIÚSCULO)

 

Amostra do DVD Autorado Rodando

Pequenas travadas que ficam aparecendo nessa amostra, não existe no arquivo final aqui disponibilizado, apenas foi um pequeno erro de renderização para o servidor vimeo.

Amostra da RMZ

Dez casos. Agora 12. Por que pacientes jovens e saudáveis são submetidos para cirurgia no Boston Memorial Hospital e terminam ligados à uma máquina? A Dra. Susan Wheeler quer saber. Alguém mais quer ela morta. Muito antes dele criar Plantão Médico, Michael Crichton (de Parque dos Dinossauros e Twister) adaptou e dirigiu este thriller médico baseado no best-seller de Robin Cook. Genevieve Bujold interpreta Wheeler, investigando pistas, percorrendo encanamentos, se escondendo entre cadáveres no necrotério, se infiltrando no Instituto Jefferson (uma maravilha inesquecível de fantasmagórica tecnologia) e persuadindo seu cético namorado e seu colega, o Dr. Mark (Michael Douglas), que as suspeitas dela não são nenhuma paranóia.

Clássicos Esquecidos

Os norte americanos sempre gostavam de filmes de hospitais e Thrillers de suspense. E se misturássemos o melhor dos filmes de hospitais com uma boa dose de suspense? O resultado é o clássico filme Coma (não confundir com a recente minissérie de 2011).

O livro Coma foi lançado em 1977 pelo médico Robin Cook e foi sucesso instantâneo, pois trazia a tona um assunto polêmico: até que ponto podemos confiar nos hospitais que existem para tratar e “curar” pacientes?


*Robin Cook autor do livro no qual o filme se baseia*

A MGM correu na frente e adquiriu os diretos do livro e junto com Robin e o diretor Michael Crichton (autor do Parque dos Dinossauros) e criaram uma versão cinematográfica em 1978.


*Diretor Michael Crichton (também autor de Parque dos Dinossauros)*

Contando com atores como Michael Douglas, o saudoso Richard Widmark e a atriz franco canadense Geneviéve Bujold no papel principal, Coma acabou virando grande sucesso no cinema e mesmo numa época onde os efeitos digitais ainda não existiam, graças à habilidade de fotógrafos como Victor J. Kemper e Gerald Hirschfeld, foram criadas cenas memoráveis e arrepiantes.


*Michael Douglas, Richard Widmark e Genevieve Bujold*


 *Victor J. Kemper e Gerald Hirschfeld (responsáveis pela fotografia do filme)*

Coma traz uma trama interessante envolvendo ficção, suspense e mistério dentro de um grande e reconhecido Boston Memorial Hospital. Geneviève Bujold interpreta – muito bem aliás – a doutora Susan, que vive fugindo de um relacionamento estável com seu namorado, o Dr Mark (Michael Douglas) uma vez que respira 24 horas a sua profissão.

Susan leva o seu trabalho intensamente no hospital quando começa a desconfiar que há algo errado na instituição, depois que uma amiga saudável entra em coma durante a realização de uma cirurgia. Susan é vista como paranoica até por Mark, que é bastante cético quanto ao caso e aceita o fato de que pacientes estão sujeitos ao acontecimento e isso é mais comum do que se possa pensar. Só que outro paciente – interpretado por Tom Selleck – começa a vegetar após uma cirurgia simples no joelho. O hospital tenta abafar os casos, que chamam atenção pelos números altos em um ano, uma vez que se trata do maior e melhor instituição não só da cidade como provavelmente de todo os EUA.


*Tom Selleck aparece em uma pequena ponta no filme (futuramente ficaria famoso com o seriado “Magnum”)*

Susan então, não desiste, tentando descobrir o que há por trás de tantas mortes em cirurgias bobas e o filme começa a ganhar ares de conspiração. Susan não sabe em quem confiar, não sabe o que as pessoas estão escondendo. Os resultados da autopsia sugerem que estão injetando monóxido de carbono no lugar de oxigênio, o que está causando as mortes cerebrais nos pacientes, mas o hospital troca de anestesista constantemente e é impossível responsabilizar uma única pessoa pelos acontecimentos. Os corpos dos pacientes em coma começam a sumir e serem encaminhados para um tal Jefferson Institute. É lá que se dará a chocante revelação em torno deles.

As atuações são todas ótimas, incluindo aqui um jovem Michael Douglas e Ed Harris (em participação pequena, mas funcional). A reconstituição do cenário, com o hospital movimentado e seus leitos, além de laboratórios e necrotério é boa – o filme é tecnicamente bem feito para a época, embora falhe em uma ou outra cena (a morte de um dos personagens eletrocutados é o momento trash do filme). Crichton demonstra aqui ter mão boa para o suspense na direção do filme, mostrando segurança, captando a essência da obra de Robin Cook e criando cenas interessantes, com o uso de sombras e trilha sonora nervosa de Jerry Goldsmith, além de cenas de perseguição tensas dentro do hospital ou do Instituto. Ele consegue criar pelo menos uma sequência marcante – quando Susan resolve se esconder no necrotério entre os cadáveres fugindo do vilão. Há uma reviravolta na trama, personagens que a traem e Susan se vê sozinha lutando contra todos. A revelação em torno dos pacientes mortos além de plausível dentro da trama é, no mínimo, bizarra.


*Ed Harris em inicio de carreira fazendo uma pequena participação no filme.*


*Jerry Goldsmith (responsável pela trilha sonora)*

Coma falha em alguns momentos, quando apela para artifícios fáceis de roteiro – Susan entra no Instituto e lá permanece por deslizes da segurança, percebam e, apesar de ser inteligente e esperta o bastante para descobrir o segredo, cai numa armadilha tola de aceitar uma bebida com droga, uma vez que ela estava desconfiando de todo mundo, inclusive seu namorado (!) – mas é um filme movimentado, suspense de primeira, com ótima montagem para a época, o que deixa o espectador antenado o tempo todo até o final eletrizante.

Fontes: Blog: ohorror-ohorror e Site: cinescopiotv

Screens do DVD Autorado

Desktop 17-04-2016 02-20-28-836 Desktop 17-04-2016 02-21-11-644 Desktop 17-04-2016 02-21-30-892 Desktop 17-04-2016 02-22-21-577 Desktop 17-04-2016 02-22-27-866 Desktop 17-04-2016 02-22-35-718 Desktop 17-04-2016 02-22-42-299 Desktop 17-04-2016 02-22-59-905 Desktop 17-04-2016 02-23-09-24 Desktop 17-04-2016 02-23-38-513

Screens da RMZ

Desktop 16-04-2016 23-39-27-932 Desktop 16-04-2016 23-39-44-932 Desktop 16-04-2016 23-40-15-654 Desktop 16-04-2016 23-40-43-856 Desktop 16-04-2016 23-41-05-919 Desktop 16-04-2016 23-41-17-39 Desktop 16-04-2016 23-41-28-43 Desktop 16-04-2016 23-41-42-303 Desktop 16-04-2016 23-41-58-918 Desktop 16-04-2016 23-42-38-373 Desktop 16-04-2016 23-43-12-843 Desktop 16-04-2016 23-43-35-879 Desktop 16-04-2016 23-43-43-406 Desktop 16-04-2016 23-38-49-445 Desktop 16-04-2016 23-39-10-11


Geneviève Bujold … Dr. Susan Wheeler (as Genevieve Bujold)
Michael Douglas … Dr. Mark Bellows
Elizabeth Ashley … Mrs. Emerson
Rip Torn … Dr. George
Richard Widmark … Dr. Harris
Lois Chiles … Nancy Greenly
Tom Selleck … Sean Murphy


# país: EUA
# duração original: 113 min
# estúdio: Metro-Goldwyn-Mayer (MGM)
# distribuidora: Metro-Goldwyn-Mayer (MGM)

35 comentários para COMA (Dual Áudio) – 1978

  • SERAFIM.WILLBEND  Disse:

    ED MUITO MAS MUITO GRATO ESTE ERA UM FILME QUE EU SEMPRE QUERIA TER, POST AQUI COM ESPERANÇA QUE ALGUEM TIVESSE TVRIP PELO MENOS, GRATO

    • Edfilmes  Disse:

      Pois é caro SERAFIM, o diferencial desse site é justamente esse, em nenhum outro site sem tem tanta esperança de pintar “aquele filme dublado” que tanto queriamos, muitas das vezes os marujos postam filmes legendados na esperança da versão dublada aparecer, nesse caso fico feliz em poder atender a expectativa de todos que tenham interesse pelo mesmo.

      Obrigado pelo comentário!

  • WaynEnterprises  Disse:

    Valeu Edfilmes, pelo presentao este filme e muito bom. Posta o Tvrip também!

    Abraco, Marujo.

    • Edfilmes  Disse:

      Valeu pelo comentário amigo Wayn, realmente o filme é muito bom…

      Infelizmente eu não possuo mais o TVRip dessa obra (perdi o DVD onde o TVRip estava gravado), por sorte ainda tinha salvo a dublagem em separado caso isso acontecesse.

      Um grande abraço marujo!

  • Willian Papp  Disse:

    Excelente postagem. Valeu Ed.

  • Falcao_Negro  Disse:

    Realmente arrebentou na postagem camarada Edfilmes, muito obrigado!!

    Grande abraço.

    • Falcao_Negro  Disse:

      Complementando… nada substitui um encode feito com a bitragem correta como este 1080p aqui postado, perfeito, pois existe 1080p e “1080p”.

      Exemplo:

      Os Bandidos do Tempo [Time Bandits – 1981]

      Screenshot da versão 1080p de 7.95 GB com bitragem de vídeo de 8843 Kbps: https://cdn.imagecurl.com/images/73910030263811494134.png

      Screenshot da versão 1080p de 2.21 GB com bitragem de vídeo de 2500 Kbps: https://cdn.imagecurl.com/images/46744290169780600400.png

      Como qualquer um pode ver, a diferença de qualidade em uma infinidade de detalhes é gritante, o encode com bitrate maior mantém uma fidelidade muito maior aos detalhes originais da filmagem, onde o encode menor apresenta a característica imagem lavada e com falta de detalhes, incluindo até mesmo anomalias em alguns pontos… e pra mim, quando possível claro, qualidade sempre em primeiro lugar.

      Mais uma vez, muito obrigado Edfilmes.

      • Edfilmes  Disse:

        Geralmente não comento sobre essa questão de qualidade x resolução amigo Falcão, mas já que puxou assunto, direi o que penso em relação ao assunto:

        O exemplo que você mostrou engloba exatamente o que penso, muita das vezes por falta de conhecimento, falta de espaço no HD, devido a ter um net lenta e muita das vezes com intuito de postar algo rápido sem se preocupar muito com qualidade, nos deparamos que encodes desse tipo. Um coisa que muitos se iludem é a questão “1080p”, para uma boa parte do pessoal 1080p é a melhor qualidade (no momento em escala acessível é sim, já que 2k, 4k 8k não se difundiram no mercado ainda em grande escala), mas a qualidade está mais voltada no bitrate do que na resolução.

        Por exemplo: Um filme em 720p com 2500 kbps tem qualidade superior a um com o mesmo bitrate em 1080p, pois ao aumentar a resolução precisamos de mais informações de video (bitrate) para suprir essa qualidade de imagem, então alguns pensam que por ser 1080p que venha ser superior 720p (que muita das vezes é um engano).

        Eu sempre gosto de uma qualidade boa de imagem, já que assisto meus projetos em uma TV de “42” na sala e monto minha RMZs em um Monitor/TV de “32” que é do PC, aí imagine assistir um filme de 1080p desse do exemplo que citou na TV de “42”, a imagem ficará toda borrada e sem definição de imagem. Existe até um documento na cena gringa (documento esse que reune parâmetros de codificação necessários para um bom encode), nesse documento eles aconselham que para 720p o mínimo necessário seja 4000 kbps e 8000 kbps para 1080p.

        Eu concordo com os valores acima em parte, filmes recentes da forma que são gravados já na era digital, não precisam ser dessa maneira que eles dizem, mas filmes antigos que foram gravados em matriz analógicas sem sequer existir HD, o nível de bitrate necessário para compensar uma boa qualidade já é maior do que dos filmes atuais (basta comparar o Blu-Rays de filmes antigos e dos filmes novos). Ainda tem que levar em consideração o tipo de encode que se faz, eu mesmo venho usando o MeGUI e uso o preset “auto2pass (codificação em 2 passos)” e na velocidade “slower (super lenta)” (claro que tem algumas configurações particulares e depende muito também da fonte usada para o encode) mas a base é essa aí. Demora um pouco a codificação, mas o resultado obtido é excelente, a perda de infromação é bem menor do que em outros presets com configuração rápida (por sinal com essa configuração o encode 720p com apenas 2500 kbps tem uma qualidade de imagem muito boa, você pode dá uma conferida se quiser).

        Enfim… como já falei logo no começo, por falta de um net rápida para upar arquivos grandes, por falta de espaço no HD para armazenar aquivos desse porte e levando em conta uma parcela do pessoal que não ligam muito para qualidade, então arquivos como esse citado por você são encontrados na rede, dependendo da necessidade e possibilidade de cada um, o pessoal vai buscando o que é melhor para si, mas se tratando de qualidade não há o que argumentar perante os fatos.

        Muito obrigado pelo comentário Falcão, um excelente resto de domingo para você!

    • Edfilmes  Disse:

      Que bom que gostou grande Falcão, valeu amigo!

  • cidadaok  Disse:

    Excelente, Edfilmes!
    Mais um post magnífico.
    Muito obrigado.

  • Robson Mendes da Silva  Disse:

    Agora que vim entender porque o chamam de ED Mito,parabéns cara vc e um dos mestres do tela e todos nós fomos presenteados agradeçemos!!Valeu um abraço!!

    • Edfilmes  Disse:

      O que é isso Robson? Sou um mero aprendiz aqui e por isso fico gratificado em um simples post atender suas expectativas.

      Valeu!

  • Ash J Williams  Disse:

    Caramba esse sim e uma raridade de verdade

  • Ash J Williams  Disse:

    Ed para deixar esse post ainda melhor vou te dar um presente aqui

    COMA SOUNDTRACK (BY JERRY GOLDSMITH)

    Lançado: 2005 (1978)
    Audio codec: MP3
    Qualidade: 320 kbs
    Tempo: 51:27

    1. Disco Strut (02:39)
    2. Disco Love Theme (Love Theme From Coma) [Disco Version] (04:31)
    3. Theme From ‘The Prize’ (01:41)
    4. Stranger On The Street (00:56)
    5. Cape Cod Weekend (Love Theme From Coma) (02:38)
    6. The Institute (Jefferson Institute) _ No Interview (02:28)
    7. Hot Wire (02:09)
    8. Toys In The Attic (O.R. 8) (05:36)
    9. The Charts _ Chance Encounter _ The Lecture Hall (04:45)
    10. Study In Anatomy (03:15)
    11. No Address _ After Hours _ Up For Bids _ Illegal Parking (05:33)
    12. A Lack of Efficiency _ A Free Ride (02:59)
    13. A Difficult Position _ The Long View (03:46)
    14. A Lucky Patient _ A Nice Case (05:49)
    15. Sunday’s Moon (02:35)

    http://uploaded.net/file/2n0ycynb

  • ROBERTTOLEDO  Disse:

    ED MUITO OBRIGADO EXCELENTE POSTAGEM, RARIDADE, NOTA 10

  • gloria  Disse:

    Esse filme eu ainda não conheço mas… se é postagem do Edfilmes
    Já é bom , vou baixar rapidinho rsrsr
    mais uma vêz muito obrigada Ed

    • Edfilmes  Disse:

      Obrigado pelas palavras gloria, particulamente curti bastante o filme e espero que satisfaça sua expectativa.

      Um grande abraço!

  • FX  Disse:

    Quem sabe,um dia Ed você pode achar esse tvrip muito obrigado parabéns!!!

    • Edfilmes  Disse:

      Se eu obter o mesmo novamente de alguma forma, certamente estará em suas mãos!

  • C,TaxiDriver  Disse:

    Sensacional Ed, sempre nos presentando com raridades. Valeu !

  • Buzao  Disse:

    FANTÁSTICO, não podia ser melhor,…muito obrigado Ed.
    Grande Abraço

  • Thiago  Disse:

    Sempre quis ver esse filme, mas até hoje eu esperava pra ver se aparecia a versão dublada. Agora finalmente poderei assistir. Muito obrigado, Ed! Postagem completíssima com o seu já conhecido padrão de qualidade. Grande abraço e tenha um ótimo final de semana.

    • Edfilmes  Disse:

      Que bom Thiago que apareceu um de muitos filmes que certamente você queria ver em sua versão dublada, sinto-me imensamente gratificado em poder ajudar a proporcionar isso não só a você, mas como todo o pessoal do tela.

      Agradeço pelas palavras proferidas de sua parte e só posso dizer que muitas outras novidades ainda vão continuar aparecendo.

      Um grande abraço amigão!

  • ArthurBazante  Disse:

    Gostei da postagem ED Filmes , parabéns !

  • farra4ever  Disse:

    Obrigado.

  • farra4ever  Disse:

    Parte 5 da versão 1080p parece estar inválida.

Deixe uma resposta