BEN-HUR (Dublado) – 1959

BEN-HUR – 1959
AÇÃO – AVENTURA – DRAMA – ÉPICO
DIREÇÃO: William Wyler
ROTEIRO: Lew Wallace, Karl Tunberg
IMDb: 8,1
http://www.imdb.com/title/tt0052618/

 

REUPAR
DUBLADO
Postado por Julimar


Formato: MP4
Qualidade:
Tamanho: 1.90 GB
Duração: 212 min.
Legendas: S/L
Áudio: Português
Servidor: Mega (dividido em 4 partes)
Uploader: Julimar

Parte 01: BEN-HUR
Parte 02: BEN-HUR
Parte 03: BEN-HUR
Parte 04: BEN-HUR


Em Jerusalém no início do século I vive Judah Ben-Hur (Charlton Heston), um rico mercador judeu. Mas, com o retorno de Messala (Stephen Boyd), um amigo da juventude que agora é o chefe das legiões romanas na cidade, um desentendimento devido a visões políticas divergentes faz com que Messala condene Ben-Hur a viver como escravo em uma galera romana, mesmo sabendo da inocência do ex-amigo. Mas o destino vai dar a Ben-Hur uma oportunidade de vingança que ninguém poderia imaginar.- O ator Burt Lancaster recusou o papel de Judah Ben-Hur porque, segundo o ator, a história continha morais violentas as quais discordava. Além de Lancaster, os atores Marlon Brando e Rock Hudson também recusaram o papel-título de Ben-Hur.
– A produção de Ben-Hur foi uma bem-sucedida tentativa da MGM de sair da ameaça de falência.
– Gore Vidal declarou certa vez que o roteiro original previa um relacionamento homossexual entre Ben-Hur e Messala. Como o diretor William Wyler sabia que Charlton Heston nunca aceitaria interpretar um personagem com nuances homossexuais, Vidal instruiu Wyler a apenas contar a Stephen Boyd, intérprete de Messala, sobre este relacionamento. Este fato pode ser notado no próprio filme pelas diferenças no modo de falar de Ben-Hur e Messala.
– A MGM, produtora do filme, queria que um autêntico barco romano fosse utilizado nas cenas de batalha de Ben-Hur. Para tanto, contratou um engenheiro que havia estudado durante toda sua carreira arquitetura romana. Quando ele apresentou o design do barco aos engenheiros da MGM, estes disseram que o barco afundaria, pois era muito pesado. Ainda assim o barco foi construído e, ao ser colocado no oceano, inicialmente flutuou. Porém, logo após uma pequena onda fez com que o barco afundasse. Deste modo, a MGM resolveu colocar o barco em um gigantesco tanque onde suas cenas seriam rodadas, com cabos prendendo o barco ao tanque.
– Após a construção do tanque, um problema enfrentado era conseguir dar à água o tom azul-mediterrâneo necessário para que as cenas ali rodadas parecessem reais. A água inicialmente era marrom e escura e, para conseguir a tonalidade de cor necessária, foi utilizado um composto químico que, apesar de fazer com que a água ficasse azul, fez também com que fosse formada uma crosta em toda a superfície da água, que precisou ser toda retirada do tanque por operários da MGM.
– Durante as filmagens de uma das cenas de batalha realizadas no tanque, um dos extras caiu na água e lá ficou por muito tempo. Ao sair, este extra estava totalmente azul e teve seu salário pago pela MGM até que a cor saísse de sua pele.
– Só a construção do circo para a corrida de quadrigas (na Cinecittà, em Roma) custou 1 milhão de dólares. Nessa sequência – dirigida em 94 dias por Andrew Marton, Mario Soldati e Yakima Canutt, especialista em cenas de perigo – , utilizaram-se cinco câmeras, 8.000 extras e 76 cavalos.
– Para a entrada dos corredores, o diretor de fotografia Robert Surtees usou uma grua de mais de 30 metros de altura: o espectador vê as quadrigas desfilando na pista como se estivesse sobrevoando o circo. O efeito é realçado pela utilização do processo cinematográfico Camera 65, um aperfeiçoamento do cinemascope.
– Apesar de haver na Itália cavalos brancos, os quatro cavalos brancos utilizados durante as filmagens vieram da Tchecoslováquia, trazidos na primeira classe de um avião fretado para o transporte e que teve seus assentos retirados.
– O estádio confeccionado para Ben-Hur foi feito seguindo detalhes do estádio utilizado na versão da história lançada nos cinemas em 1926.
– Após o término das filmagens, os cenários utilizados em Ben-Hur foram todos destruídos por ordem do produtor Sam Zimbalist, que temia que eles fossem utilizados em produções menores realizadas por produtores italianos.
– Miklós Rózca compôs a trilha sonora de Ben-Hur em 8 semanas.
– Esta é a 3º adaptação para as telas de cinema de Ben-Hur. As anteriores ocorreram em 1907 e em 1926, ambas sendo mudas e também se chamando Ben-Hur.
– Ben-Hur é um dos recordistas de Oscars recebidos, com 11 estatuetas, estando empatado com Titanic (1997) e O Senhor dos Anéis – O Retorno do Rei (2003).
Charlton Heston … Judah Ben-Hur
Jack Hawkins … Quintus Arrius
Haya Harareet … Esther
Stephen Boyd … Messala
Hugh Griffith … Sheik Ilderim
Martha Scott … Miriam
Cathy O’Donnell … Tirzah
Sam Jaffe … Simonides
Finlay Currie … Balthasar / Narrator
Frank Thring … Pontius Pilate
Terence Longdon … Drusus


# país: EUA
# duração original: 212 min
# estúdio: Metro-Goldwyn-Mayer (MGM)
# distribuidora: Metro-Goldwyn-Mayer (MGM)

3 comentários para BEN-HUR (Dublado) – 1959

Deixe uma resposta